Giro do Vale / Esporte / Inter / Porto Alegre

Inter reage, mas perde por 2 a 1 para o Shakhtar

O Shakhtar Donetsk foi indigesto e arrancou a vitória por 2 a 1, construída ainda no primeiro tempo.

Foto: Fabiano do Amaral / Divulgação

Foto: Fabiano do Amaral / Divulgação

Um convidado inconveniente estragou um pouco da festa no primeiro jogo do Inter no Beira-Rio em 2015, nesta sexta-feira. O Shakhtar Donetsk foi indigesto e arrancou a vitória por 2 a 1, construída ainda no primeiro tempo. Foi a única do time ucraniano em solo brasileiro, exatamente com vários velhos conhecidos da torcida colorada em campo. Dois deles, Luiz Adriano e Taison, anotaram os gols dos ucranianos, enquanto Aránguiz descontou.

Desorganização defensiva marca início

O primeiro tempo estragou a festa do Inter, com boa torcida no Beira-Rio. O que se viu foi uma boa apresentação dos “convidados inconvenientes” e pouca organização colorada. A marcação deixava espaços que os rápidos atacantes do Shakhtar aproveitaram para construir o placar.

Logo aos quatro minutos, Luiz Adriano golpeou sua antiga casa. Após saída de bola de Aránguiz, ele foi lançado na área e se livrou de Paulão e Ernando na velocidade. Alisson não teve chance contra o chute cruzado no canto esquerdo. Campeão do mundo em 2006, Luiz Adriano evitou comemorar e aplaudiu a torcida, que foi recíproca.

Os colorados até ensaiaram uma resposta aos 13 minutos, com o próprio Aránguiz. O volante tabelou na frente da área e foi desarmado, mas a bola sobrou para D’Alessandro que chutou forte, mas por cima da goleira. Só que depois o jogo voltou a ser todo do Shakhtar.

Depois de Fred aplicar um lindo chapéu de calcanhar no novo volante do Inter, Nilton, aos 22 minutos, Douglas Costa chutou forte, com liberdade, mas mandou para fora. Aos 25, Nilton falhou e foi desarmado num lance de bobeira. No contragolpe, Fred tocou para Taison na área e, sem marcador, o garoto fulminou as redes para o 2 a 0. Tal como o companheiro de ataque, o ex-camisa 7 do Inter não comemorou e foi igualmente aplaudido.

O que era ruim quase piorou antes do apito final do primeiro tempo. Ernando ainda teve que salvar o 3 a 0 em cima da linha, após Alex Teixeira driblar Alisson e mandar para o gol.

Inter equilibra, mas Willians é expulso

O Colorado voltou em cima do Shakhtar no segundo tempo e conseguiu equilibrar a partida. Ainda assim, o setor defensivo continuou sendo muito ameaçado na etapa final. Aos dois minutos, Alisson salvou chute de Luiz Adriano, em jogada de Alex Teixeira.

Aos seis, finalmente a torcida do Inter conseguiu gritar gol no Beira-Rio. Sasha conseguiu ajeitar cruzamento de cabeça e Aránguiz rasgou no meio da área para fulminar as redes, reduzindo o prejuízo para 2 a 1. Mas a reação ficou por aí, pois um minuto depois Willians criou problemas. Ele já havia levado amarelo e deu um carrinho por trás em Douglas Costa. Resultado: cartão vermelho.

O placar não ficou mais elástico, contudo, porque o Shakhtar trocou mais da metade do time. Descaracterizado, passou a ameaçar menos. Aos 31 minutos, o jogo que já havia caído de qualidade, ficou com menos atletas em campo. Paulão e Alex Teixeira se encontraram e discutiram, sendo ambos expulsos.

Já no final da partida, Bertotto perdeu a chance clara de empatar. Aos 47 minutos, ele foi lançado por Alex na área e chutou cruzado, mas a bola passou tirando tinta da trave.

Amistoso internacional

Inter 1
Alisson; Léo (Cláudio Winck), Ernando, Paulão e Fabrício; Nilton (Alan), Willians, D’Alessandro (Alex), Aránguiz (Bertotto) e Sasha (Valdívia); Nilmar. Técnico: Diego Aguirre.

Shakhtar Donetsk 2
Pyatov (Kanibolotskiy); Srna (Dentinho), Rakitsky (Ordets)(Malinovsky), Kucher (Kryvtsov) e Shevchuck (Ismaily); Fred (Kovalenko), Douglas Costa (Wellington Nem), Fernando (Stepanenko) e Alex Teixeira; Taison (Bernard) e Luiz Adriano (Gladkiy). Técnico: Mircea Lucescu.

Gols: Luiz Adriano (4min/1ºT) e Taison (25min/1ºT), para o Shakhtar; Aránguiz (6min/2ºT).
Cartões amarelos: Kucher, Douglas Costa, Fernando, Kryvtsov (S); Léo, Willians (I).
Cartões vermelhos: Willians, Paulão (I); Alex Teixeira (S).
Público: 34.589.
Arbitragem: Leandro Vuaden, com Rafael Alves e Paulo Conceição.
Local: Beira-Rio

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

No primeiro enfrentamento entre as equipes bom-retirenses, o Largados levou a mehor

Equipe bom-retirense vai até Mato Leitão onde disputa última partida da fase classificatória

Acampamento Farroupilha e atrações culturais marcam atividades que vão até dia 22 de setembro

Quina foi marcada por 154 jogos que poderão sacar mais de R$ 47 mil