Giro do Vale / Estado / Polícia

Acusado de estuprar bebê de 11 meses em Serafina Corrêa é solto

Homem ficou recolhido menos de quatro meses.

O jovem de 20 anos, morador de Serafina Corrêa, que foi preso por espancar e abusar sexualmente uma bebê de 11 meses de idade, foi solto pelo Poder Judiciário, menos de quatro meses depois da prisão. As informações são da Rádio Uirapuru de Passo Fundo. O acusado foi preso no dia 29 de junho deste ano, durante uma ação deflagrada pela Polícia Civil, Brigada Militar e Conselho Tutelar. A sua prisão ocorreu no interior do Hospital São Vicente de Paulo em Passo Fundo.

Na ocasião, a bebê foi internada e realizou vários exames, onde foi constatado que apresentava traumatismo craniano, fraturas pelo corpo e fissuras nos órgãos genitais. O jovem de 20 anos confessou tercostume de estuprar a menina. Diante da situação, a delegada Carolina Goulart representou pela prisão preventiva do agressor, que foi deferida pelo juizado de Guaporé.

O acusado foi recolhido ao Presídio de Passo Fundo, transferido para Soledade e posteriormente encaminhado à casa prisional de Guaporé. O processo tramita em segredo de justiça. O acusado foi solto no último dia 13 de outubro através da liberdade provisória. A prisão preventiva teria sido revogada, tendo em vista o acusado estar correndo risco de vida ao ficar junto com os demais presos, e a casa prisional não ter condições de mantê-lo em uma cela sozinho.

Foi estipulado que o agressor deverá comparecer em Juízo a cada 15 dias. A bebê vítima da violência, após restabelecer a saúde recebeu alta hospitalar, contudo, conforme informações de populares, ela teria herdado várias sequelas. O nome do agressor não é revelado para manter a identidade da vítima.

 

Grupo Independente

Comentários

  1. Lucas disse:

    Espero que sofra muito antes de morrer, pode fugir da ”justiça” do Brasil se é que é justiça por que espancar e estrupar um bebe e ainda for solto meu Deus o que é isso ? Que a justiça de Deus seja feita e que proteja essa criança da maldade dos homens.

Publicidade

Últimas Notícias

Foto: Divulgação

Populares tentaram pegar o acusado, mas ele fugiu e depois acabou capturado pela BM.

Foto: Divulgação

Câmeras flagraram a ação criminosa.

Foto: Divulgação

O criminoso pegou cerca de R$ 1,6 mil e dois chips de celular da taxista.

Foto: Divulgação

Os criminosos pegaram documentos e pequena quantia em dinheiro da vítima.