Giro do Vale / Estado / Geral

Bancários realizam hoje assembleias para discutir fim da greve

Fenaban fez proposta que se aproximou das exigências da categoria.

Após uma nova rodada de negociações, em que a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) apresentou uma nova proposta ao Comando Nacional dos Bancários, a categoria foi convocada para realizar nesta quinta-feira assembleias para discutir o fim da greve. A paralisação ocorre há 30 dias.

O Comando Nacional dos Bancários chamou os trabalhadores da base para assembleias deliberativas nesta quinta-feira, a partir das 19h. Os líderes da greve reiteraram durante toda a negociação que os banqueiros tinham que acenar com compensação dos dias parados de greve. Após diversas reuniões, a Fenaban aceitou compensar 100% dos dias parados dos grevistas.

A oferta da Fenaban apresentou ainda uma oferta de reajuste inferior à inflação e ao pedido pelos bancários: 8% mais abono de R$ 3,5 mil. No vale-alimentação o reajuste seria de 15% e de 10% no vale-refeição e no auxílio creche-babá. A licença-paternidade passaria para 20 dias.

Para 2017, a proposta prevê reajuste de acordo com a inflação (INPC) mais 1% de aumento real para os salários e em todas as verbas. Sobre os dias parados, a Fenaban propõe a compensação de todos os dias, sem prazo limite. Para o retorno ao trabalho a categoria exige da Fenaban índice de 14,78% (inflação mais 5% de aumento real), PLR de 3 salários mais R$ 8.317,90 e piso de R$ 3.940,24. Na área do SindBancários, 309 agências ficaram fechadas, totalizando 1.074 em todo o Rio Grande do Sul na quarta-feira.

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Foto: Divulgação

Populares tentaram pegar o acusado, mas ele fugiu e depois acabou capturado pela BM.

Foto: Divulgação

Câmeras flagraram a ação criminosa.

Foto: Divulgação

O criminoso pegou cerca de R$ 1,6 mil e dois chips de celular da taxista.

Foto: Divulgação

Os criminosos pegaram documentos e pequena quantia em dinheiro da vítima.