Giro do Vale / Estado / Polícia

Filha é suspeita de matar o pai por herança de R$ 300 mil em Bom Jesus

Genro e um ajudante também foram presos por ligação com crime.

Foto: Divulgação /Polícia Civil

Foto: Divulgação /Polícia Civil

Foram presos, ontem, dia 12, os acusados pelo homicídio de Demétrio Piardi da Silva, 62 anos, morto com um disparo de arma de fogo no coração, na localidade de Chapadinha, no interior de Bom Jesus, na Serra. Uma operação em conjunto da Polícia Civil de Bom Jesus, Vacaria e Caxias prendeu três pessoas em flagrante por crime hediondo.

A filha de Demétrio, de 38 anos, foi detida suspeita de ser a mandante do crime, junto com o genro e um ajudante. A polícia cumpriu mandado de busca e apreensão na casa do suspeito de participação do crime e encontrou a arma que teria sido utilizada no assassinato. As prisões ocorreram em Caxias do Sul.

De acordo com o delegado Flademir Paulino de Andrade, a filha mandou o companheiro matar o pai para receber uma herança no valor de R$ 300 mil.

 

Rádio Gaúcha

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Foram recuperados materiais possivelmente oriundos de furtos e roubos.

Um dos homens foi imobilizado por populares e o outro foi capturado no porão de uma casa.

Suspeito foi acompanhado por câmeras de videomonitoramento.

Chamas iniciaram na tarde da última quarta-feira