Giro do Vale / Esporte / Grêmio

Grêmio busca empate com o Palmeiras e está na semifinal da Copa do Brasil

Tricolor saiu atrás, mas conseguiu o 1 a 1 com gol Éverton para avançar.

Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação

Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação

O Grêmio sofreu bastante, saiu atrás do placar, mas lutou muito até empatar com o Palmeiras, nesta quarta-feira, na Arena Palmeiras. A igualdade em 1 a 1 garantiu o Tricolor na semifinal da Copa do Brasil, já que o time havia vencido por 2 a 1 em Porto Alegre.  Os gremistas combateram a vontade do Palmeiras com muita marcação. O primeiro tempo foi durante boa parte dos donos da casa, mas depois o Tricolor conseguiu equilibrar as ações, apesar de criar poucas chances.

Agora, o adversário será o Cruzeiro, que derrotou o Corinthians hoje, em busca de um lugar na final, num duelo que inicia na semana que vem. Antes, porém, o foco volta para o clássico Gre-Nal do Brasileirão, domingo às 17h, na Arena.

Grêmio segura a pressão

Logo aos seis minutos, Bruno Grassi teve que fazer grande defesa. Lucas Barrios lançou Gabriel Jesus na cara do gol. Ele chutou à queima-roupa e o goleirão conseguiu espalmar. Aos 12, Egídio levantou bola na área e Barrios cabeceou firme. Para sorte tricolor, carimbou o travessão.

A pressão dos paulistas seguiu, com o Grêmio marcando firme, mas sem conseguir aliviar o aperto. Aos 23, foi a vez de Marcelo Oliveira salvar. Allione recebeu na cara do gol e chutou forte, o lateral gremista se atirou de carrinho para afastar.

No contragolpe, o Tricolor teve sua melhor chance. Douglas recebeu no meio e lançou Pedro Rocha na área. De frente para o gol e sem marcador, o garoto foi precipitado e chutou para fora. Podia ter rolado para Luan, ou esperado a saída do goleiro, mas bateu torto na bola.

A resposta do Palmeiras foi com mais um lance de levantar a torcida. Egideo levantou na área, Gabriel Jesus ajeitou com o peito e Allione chutou para o gol. Kannemann tirou de barriga. Ao menos no intervalo, o placar garantia o Grêmio na semifinal.

Palmeiras abre o placar

Os comandados de Renato Portaluppi voltaram mordendo e, por pouco não abriram o placar no início do segundo tempo. Luan apareceu bem pelo meio e lançou Douglas na cara do gol. Faltou perna para o camisa 10 chegar para conferir. Aos 3 minutos, Douglas levantou na área, Marcelo Oliveira cabeceou e Jailson tirou no ângulo esquerdo.

Dois minutos depois, porém, uma falha na bola aérea fez lembrar tempos ruins da zaga gremista. Egídio cobrou escanteio, Barrios desviou no segundo pau e Thiago Martins chegou sozinho para cabecear no fundo das redes o 1 a 0 – resultado que classificaria o Palmeiras à semifinal.

A defesa continuou instável no fundamento e, aos 10, Thiago cabeceou de novo, mas Bruno Grassi defendeu no meio do gol. O Grêmio respondeu com Edílson. Ele disparou pela direita, driblou dois e cruzou rasteiro. Walace chutou no canto direito, mas Jailson espalmou.

Tricolor aproveita vantagem numérica

Aos 20, a situação começou a melhorar para o Tricolor. Éverton entrou no lugar de Pedro Rocha e, em um dos seus primeiros lances, sofreu um carrinho violento. Allione nem teve o benefício da dúvida e tomou cartão vermelho direto.

Com um a mais, o Grêmio foi para cima. Mas não sem antes trocar o goleiro Bruno Grassi, lesionado, por Léo e perder Renato na casamata. O treinador foi expulso por reclamação. Antes, ele ainda tinha dado o comando para Bolaños substituir Ramiro.

O dia era do garoto Éverton, no entanto. Aos 30 minutos, Douglas recebeu na área, protegeu da marcação e fez a assistência para Éverton. O garoto dominou e fez o giro. Chutou muito forte, no canto esquerdo. A bola passou rente ao poste, sem chances para Jailson. Empate providencial e que garantia o Tricolor na semifinal.

Copa do Brasil – Quartas de final

Palmeiras 1

Jailson; Fabiano, Edu Dracena, Thiago Martins e Egídio; Gabriel, Thiago Santos, Cleiton Xavier e Allione; Gabriel Jesus e Lucas Barrios. Técnico: Cuca

Grêmio 1

Bruno Grassi; Edílson, Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Walace, Ramiro, Maicon e Douglas; Pedro Rocha e Luan. Técnico: Renato Portaluppi.

Gols: Thiago Martins (5min/2ºT); Éverton (30min/2ºT).

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Três pessoas teriam sofrido ferimentos, mas sem gravidade.

Bando fez cordão humano com vítimas.

Alunas aprendem noções iniciais de informática, manuseio do mouse e teclado, editor de textos, internet e e-mail.

O recurso foi destinado pelo Deputado Federal Covatti Filho (PP) por solicitação da executiva municipal do partido.