Giro do Vale / Esporte / Grêmio

Grêmio supera o Vitória por 1 a 0 e volta a vencer fora de casa

Tricolor mostrou futebol consistente e ficou a um ponto do G6 no Brasileirão.

Foto: Jéssica Santana / Frame Foto / Folhapress

Foto: Jéssica Santana / Frame Foto / Folhapress

O Grêmio encerrou um longo jejum e voltou a vencer fora de casa, nesta quarta-feira na Arena Fonte Nova. O Tricolor mostrou uma defesa consistente e garantiu o 1 a 0 contra o Vitória para subir na tabela do Brasileirão. Com o resultado, chega a 43 pontos, no sétimo lugar do Brasileirão, a dois pontos do G6. Na quinta-feira da próxima semana, encara exatamente o primeiro classificado à Libertadores, Atlético-PR, na Arena.

O Tricolor começou a partida muito recuado e sofreu pressão do Vitória. Falta de pontaria e a trave ajudaram, porém, e a equipe de Renato Portaluppi conseguiu equilibrar. Foi assim que criou a melhor chance da etapa, mas sem tirar o zero do placar.

Logo aos cinco minutos, Kiesa aparou de primeira uma bola mal afastada por Geromel, mas isolou. No lance seguinte, Marinho driblou três marcadores gremistas e cruzou rasteiro. Por sorte, sobrou para Geromel afastar.

Ataque gremista perde chances

O Grêmio respondeu aos 11 minutos, mas Henrique Almeida perdeu de forma incrível na cara do goleiro. O centroavante foi lançado na direita, sem marcação, só que chutou em cima de Fernando Miguel. Aos 20, o poste esquerdo salvou o dia de Marcelo Grohe. Kieza foi lançado nas costas de Edilson e desviou de cabeça, mas a bola bateu na trave e saiu.

Aos 35, o Tricolor perdeu a melhor chance do jogo. Douglas lançou Edilson na área, o lateral cruzou rasteiro e sobrou à feição para Pedro Rocha. Sem goleiro, ele exitou no chute, se atrapalhou no domínio e mandou fraco. Suficiente para Fernando Miguel se recuperar e evitar o gol. Queimou na canela do atacante gremista.

Com iniciativa no final, o Grêmio quase chegou lá em bela jogada de Henrique Almeida. O centroavante girou de calcanhar sobre o marcador na linha de fundo e chutou para o gol, mas o goleiro desviou para escanteio.

Arrancada fulminante

O Grêmio voltou melhor para o segundo tempo e com Bruno Grassi no lugar de Marcelo Grohe, que sentiu lesão. No gramado, o Tricolor pressionou a saída de bola do Vitória e logo conseguiu excelente falta na esquerda. Aos 7 minutos, Douglas levantou na área, com muito efeito. Jailson entrou na corrida e desviou de canela. A bola pegou efeito esquisito e entrou no ângulo direito, sem chances para Fernando Miguel.

A partir daí, os baianos vieram para cima, testanto a consistência defensiva dos comandados de Renato. Aos 16, Diego Renan recebeu na entrada da área, tentou o chute forte, mas carimbou Zé Love. Na sequência, Serginho recebeu de Zé Love e disparou uma bomba no canto esquerdo. Bruno Grassi fez grande defesa.

Tricolor desperdiça, mas segura placar

Sem se desesperar na pressão, o Grêmio ameaçava nos contragolpes. Éverton entrou no lugar de Henrique Almeida, dando mais velocidade pelas laterais. Aos 27, o garoto fez boa jogada e chutou forte. Sobrou o rebote e Ramiro mandou de voleio para boa defesa de Fernando Miguel.

Aos 32, Éverton perdeu gol de forma incrível. Pedro Rocha fez grande passe na área, após ganhar na velocidade pela esquerda. O atacante estava de frente para Fernando Miguel e sem marcação, mas chutou em cima do goleiro. Três minutos depois, Edilson tabelou com Ramiro, fez grande jogada e cruzou forte. Pedro Rocha não acompanhou e perdeu a chance de mandar para o fundo das redes.

Mas lá do outro lado, com toda a pressão do Vitória, o Tricolor seguiu soberano. Aos 41, Geromel fez linda antecipação sobre Kiesa e lançou Pedro Rocha. O garoto driblou a marcação, invadiu a área sozinho, mas chutou completamente torto e sem perigo.

Brasileirão – 29ª rodada

Vitória 0

Fernando Miguel, Diogo Mateus, Kanu, Ramon e Diego Renan; Willian Farias, Marcelo e Tiago Real; Marinho, Kieza e Zé Love. Técnico: Argel Fucks.

Grêmio 1

Marcelo Grohe (Bruno Grassi); Edílson, Geromel, Kannemann e Iago; Walace, Jailson, Ramiro; Douglas e Pedro Rocha (Wallace Reis); Henrique Almeida (Éverton). Técnico: Renato Portaluppi

Gol: Jailson (11min/2ºT)

Arbitragem: Emerson de Almeida Ferreira (MG), auxiliado por Luiz Antonio Barbosa (MG) e Marconi Helbert Vieira (MG).

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Foto: Divulgação

Populares tentaram pegar o acusado, mas ele fugiu e depois acabou capturado pela BM.

Foto: Divulgação

Câmeras flagraram a ação criminosa.

Foto: Divulgação

O criminoso pegou cerca de R$ 1,6 mil e dois chips de celular da taxista.

Foto: Divulgação

Os criminosos pegaram documentos e pequena quantia em dinheiro da vítima.