Giro do Vale / Esporte / Inter

Para sair do rebaixamento, Inter desafia Botafogo em boa fase

Colorado tentará ampliar sequência de vitórias no Brasileirão a partir das 21h45.

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

Vencer dois jogos em sequência, algo que não ocorria desde junho, não foi o suficiente para tirar o Inter da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. No entanto, até um empate com o Botafogo, na noite desta quarta-feira, no estádio Luso-Brasileiro, no Rio de Janeiro, pode bastar para alcançar esse que é o maior objetivo da temporada. O jogo começa às 21h45min.

Porém, além do ponto conquistado em jogo próprio, os colorados precisam contar com resultados paraelos para deixar a zona da degola. Com uma vitória sobre o Botafogo — além de uma combinação grande de tropeços de seus adversários diretos —, o Inter pode chegar até à 14ª posição na tabela.

Pelo menos, os bons resultados contra o Figueirense e o Coritiba reformaram o ambiente colorado nas últimas duas semanas. Além de vencer, o time colorado não sofreu gols, mostrando uma solidez defensiva inédita há meses. “Nós temos tentado conciliar jogar bem com conquistar as vitórias que precisamos, mas o objetivo maior no momento é somar pontos”, enfatizou o lateral Ceará. Como um dos mais experientes do grupo, ele acredita que o empate no Rio de Janeiro não pode ser considerado um resultado insatisfatório: “Estamos lutando para sair dessa situação. Creio e tenho a convicção de que sairemos logo”.

A partida contra o Coritiba também alterou pelos menos uma convicção de Celso Roth. Ao invés de escalar Seijas, contra o Botafogo, ele mandará Valdívia a campo. Outra mudança é a troca de Eduardo Henrique por Anselmo. Na zaga, Eduardo assume a vaga de Ernando, que recebeu o terceiro cartão amarelo na rodada passada. “Estamos vindo de duas vitórias em casa, onde a torcida fez a diferença. Jogar fora de casa não vai ser tão simples, mas temos de ser sólidos e não dar espaços para o Botafogo”, finaliza Ceará.

Adversário como exemplo

O Botafogo serve como exemplo de superação para os próprios colorados: saiu de uma posição difícil no início do campeonato para a atual fase, na qual briga por uma vaga na Libertadores. Nas últimas 11 rodadas, conquistou oito vitórias. “Estamos curtindo o momento. Estamos ganhando, embalando nas vitórias. Se for para irmos à Libertadores, acontecerá naturalmente. Temos que pensar jogo a jogo. Só assim vamos conseguir nosso objetivo.

Temos que estar leves e soltos”, afirma o atacante Sassá, que retornou ao banco de reservas na última rodada após recuperar-se de lesão. Ele começa contra o Inter. Sem o goleiro Jefferson, ainda em recuperação, Sidão segue como titular e em grande fase, com apenas dois gols sofridos nos últimos sete jogos. O desfalque fica por conta de Diogo Barbosa, que voltou a se lesionar e não  joga. O substituto será Victor Luís.

Brasileirão 2016 – 30ª Rodada 

Botafogo

Sidão; Alemão, Carli, Emerson e Victor Luís; Airton, Rodrigo Lindoso, Dudu Cearense e Camilo; Neílton e Sassá. Técnico: Jair Ventura.

Inter

Danilo Fernandes; William, Paulão, Eduardo e Ceará; Anselmo, Rodrigo Dourado, Valdívia, Alex e Gustavo Ferrareis; Vitinho. Técnico: Celso Roth.

Árbitro: Mariélson Silva (BA).

Local: estádio Luso Brasileiro, Rio de Janeiro.

Horário: 21h45min.

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Mulher se dizendo advogada também tentou angariar dados da vítima

Apesar do forte calor, não se descarta chuva isolada na Metade Norte

Medida encurta em 15 dias período com o sol até mais tarde

Colisão entre um caminhão caçamba e uma motocicleta ocorreu em frente ao Country Clube, no Bairro Olarias.