Giro do Vale / Esporte / Inter

Para sair do rebaixamento, Inter desafia Botafogo em boa fase

Colorado tentará ampliar sequência de vitórias no Brasileirão a partir das 21h45.

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

Vencer dois jogos em sequência, algo que não ocorria desde junho, não foi o suficiente para tirar o Inter da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. No entanto, até um empate com o Botafogo, na noite desta quarta-feira, no estádio Luso-Brasileiro, no Rio de Janeiro, pode bastar para alcançar esse que é o maior objetivo da temporada. O jogo começa às 21h45min.

Porém, além do ponto conquistado em jogo próprio, os colorados precisam contar com resultados paraelos para deixar a zona da degola. Com uma vitória sobre o Botafogo — além de uma combinação grande de tropeços de seus adversários diretos —, o Inter pode chegar até à 14ª posição na tabela.

Pelo menos, os bons resultados contra o Figueirense e o Coritiba reformaram o ambiente colorado nas últimas duas semanas. Além de vencer, o time colorado não sofreu gols, mostrando uma solidez defensiva inédita há meses. “Nós temos tentado conciliar jogar bem com conquistar as vitórias que precisamos, mas o objetivo maior no momento é somar pontos”, enfatizou o lateral Ceará. Como um dos mais experientes do grupo, ele acredita que o empate no Rio de Janeiro não pode ser considerado um resultado insatisfatório: “Estamos lutando para sair dessa situação. Creio e tenho a convicção de que sairemos logo”.

A partida contra o Coritiba também alterou pelos menos uma convicção de Celso Roth. Ao invés de escalar Seijas, contra o Botafogo, ele mandará Valdívia a campo. Outra mudança é a troca de Eduardo Henrique por Anselmo. Na zaga, Eduardo assume a vaga de Ernando, que recebeu o terceiro cartão amarelo na rodada passada. “Estamos vindo de duas vitórias em casa, onde a torcida fez a diferença. Jogar fora de casa não vai ser tão simples, mas temos de ser sólidos e não dar espaços para o Botafogo”, finaliza Ceará.

Adversário como exemplo

O Botafogo serve como exemplo de superação para os próprios colorados: saiu de uma posição difícil no início do campeonato para a atual fase, na qual briga por uma vaga na Libertadores. Nas últimas 11 rodadas, conquistou oito vitórias. “Estamos curtindo o momento. Estamos ganhando, embalando nas vitórias. Se for para irmos à Libertadores, acontecerá naturalmente. Temos que pensar jogo a jogo. Só assim vamos conseguir nosso objetivo.

Temos que estar leves e soltos”, afirma o atacante Sassá, que retornou ao banco de reservas na última rodada após recuperar-se de lesão. Ele começa contra o Inter. Sem o goleiro Jefferson, ainda em recuperação, Sidão segue como titular e em grande fase, com apenas dois gols sofridos nos últimos sete jogos. O desfalque fica por conta de Diogo Barbosa, que voltou a se lesionar e não  joga. O substituto será Victor Luís.

Brasileirão 2016 – 30ª Rodada 

Botafogo

Sidão; Alemão, Carli, Emerson e Victor Luís; Airton, Rodrigo Lindoso, Dudu Cearense e Camilo; Neílton e Sassá. Técnico: Jair Ventura.

Inter

Danilo Fernandes; William, Paulão, Eduardo e Ceará; Anselmo, Rodrigo Dourado, Valdívia, Alex e Gustavo Ferrareis; Vitinho. Técnico: Celso Roth.

Árbitro: Mariélson Silva (BA).

Local: estádio Luso Brasileiro, Rio de Janeiro.

Horário: 21h45min.

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Foto: Divulgação

Expectativa da Secretaria da Fazenda é quitar em dia vencimentos de até R$ 1,3 mil

Foto: Departamento de Trânsito de Lajeado / Divulgação

O veículo havia sido furtado nas imediações

arma

Há uma suspeita de que o crime possa estar relacionado ao envolvimento com drogas

Foto: Divulgação

Região pode ter máxima de 32°C