Giro do Vale / Destaque / Geral / País

Cartórios eleitorais voltam a fazer inscrição eleitoral e transferência de domicílio

O cadastro nacional de eleitores estava fechado desde 5 de maio para esses serviços devido às Eleições Municipais de 2016.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Os cartórios eleitorais de todo o Brasil voltaram a realizar os serviços de inscrição do título eleitoral e de transferência de domicílio na última segunda-feira, dia 7. O cadastro nacional de eleitores estava fechado desde 5 de maio para esses serviços devido às Eleições Municipais de 2016.

Entre os principais serviços prestados, a transferência de domicílio é a operação realizada quando o eleitor muda de domicilio eleitoral, ou seja, de um município para outro. Neste caso, ele deve estar residindo no novo endereço há pelo menos três meses e ter se alistado há pelo menos um ano. Caso tenha feito uma transferência anterior, também deve ter decorrido pelo menos um ano entre sua realização e o novo pedido. É necessário apresentar documento oficial de identidade, comprovante de residência e, se tiver, o título anterior.

A retirada da segunda via do título eleitoral também está liberada a partir de agora. Para a operação, o documento deve ser solicitado quando o eleitor não deseja realizar nenhuma modificação em seus dados cadastrais na Justiça Eleitoral, mas busca apenas obter a segunda via do título de eleitor – por motivo de perda, roubo ou extravio. Neste caso, é necessário apresentar apenas o documento oficial de identidade.

 

Grupo Independente

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Colisão fatal entre moto e caminhão vitimou jovem de 15 anos. Pai do garoto conduzia a motocicleta e saiu ileso do sinistro.

13 plantas foram apreendidas, e um homem e 42 anos preso pelo delito.

Homem bateu a cabeça e foi retirado da água por populares. Os bombeiros imobilizaram a vítima, que foi levada para atendimento hospitalar.