Giro do Vale / Esporte / Grêmio

Com reservas, Grêmio é goleado por 5 a 1 pelo Santa Cruz

Equipe fez primeiro tempo igual, mas desabou na segunda etapa.

 Foto: Bobby Fabisak /JC Imagem / Folhapress

Foto: Bobby Fabisak /JC Imagem / Folhapress

O Grêmio fez um bom primeiro tempo, mas desmontou no segundo e sofreu 5 a 1 do Santa Cruz em apenas um tempo de jogo. Os reservas mostraram intensa desorganização na etapa final e acabaram castigados neste domingo no Arruda.

Com o resultado, o Tricolor segue em oitavo com 53 pontos, a dois do sétimo Corinthians. O Santa Cruz vai a 31 e se afasta do lanterna América-MG.

Em um jogo franco e com pouco foco na marcação, o Grêmio começou pressionado pelo Santa Cruz, mas igualou a disputa e começou a criar chances de gol. Até abriu o placar, mas teve o 1 a 0 anulado de forma errada pela arbitragem.

Pouca organização e muito volume de jogo

A pressão inicial do Santa Cruz foi pouco organizada, mas Keno e Grafite tiveram a chance de marcar, mas não conseguiram alcançar na bola para conferir. Depois disso, aos 11, Henrique Almeida foi lançado na área e chutou à queima-roupa. Tiago Cardoso espalmou para escanteio.

No lance seguinte, gol do Grêmio. Negueba recebeu na pequena área e tentou o chute, mas bateu mal na bola. Sobrou para Henrique Almeida que enfiou para o fundo do gol do jeito que dava. Só que o bandeirinha anulou por impedimento. O jogador do Grêmio correu de trás da bola e dois jogadores do Santa Cruz davam condições.

Depois disso, os donos da casa voltaram a ameaçar. Aos 19, Keno tentou o chute de primeira, mas Léo fez boa defesa. Depois, Grafite tabelou com a marcação do Grêmio e lançou Leo Moura. O lateral chutou forte e cruzado, mas mandou para fora, na melhor chance do Santa Cruz antes do intervalo.

Recomeço competitivo

O segundo tempo recomeçou aberto, com ampla vantagem dos setores ofensivos sobre a marcação. Keno teve a chance aos dois minutos, depois de Pedro Rocha perder bola no ataque. O lateral do Santa driblou o zagueiro gremista e chutou forte, mas mandou para fora.

No minuto seguinte, porém, gol dos donos da casa. Keno recebeu na esquerda, entortou Wallace Oliveira e cruzou para Grafite. O centroavante subiu melhor que Wallace Reis e cabeceou rente à trave direita sem chances para Léo. No lance seguinte, quase conseguiram ampliar. Grafite foi lançado nas costas de Wallace Reis, que furou, mas o centroavante se atrapalhou na conclusão.

Aos sete minutos, contudo, Bolaños deixou tudo igual. O equatoriano entrou em alta velocidade, tabelou com Pedro Rocha e saiu na cara do gol. Deu uma finta de corpo e deslocou do goleiro para anotar o 1 a 1.

Chuva de gols indigesta

Só que o Grêmio não embalou e o Santa Cruz voltou a empilhar chances até desempatar. Aos 14 minutos, Grafite desviou com o pé uma bola erguida na área e Léo fez enorme defesa, para tirar de soco. Só que a bola sobrou para Léo Moura, que fulminou o 2 a 1 com o goleiro já batido.

Léo ainda evitou que Grafite ampliasse aos 21 minutos. O atacante ganhou de Thyere e chutou muito forte da entrada da área. O goleiro gremista voou no canto esquerdo para espalmar.

Depois disso, não conseguiu mais parar a patrola do Santa. Aos 40, Roberto cobrou falta da entrada da área direto e acertou no cantinho, com a bola batendo na trave direita antes de entrar. Dois minutos depois, Grafite subiu sozinho no segundo pau e mandou um testaço no ângulo esquerdo. Ainda dava tempo para mais: aos 45, Arthur foi lançado na esquerda, cortou para a área e chutou fraquinho no canto. Léo não alcançou e viu o 5 a 1 morrer no fundo das redes.

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Ele foi detido por uma guarnição da Brigada Militar (BM) na Estação Rodoviária, no Florestal, onde aguardava um ônibus.

Condutor do veículo que atropelou a vítima, deixou o local sem prestar socorro.

Tempo fica instável, mas sol aparece com nuvens em várias cidades.

Com decisão, ex-presidente seguirá preso para cumprir condenação no caso do triplex.