Giro do Vale / Esporte / Inter

Inter perde para o Palmeiras e retorna para zona de rebaixamento

Cleiton Xavier marcou o gol palmeirense na primeira etapa.

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

O Inter perdeu para o Palmeiras por 1 a 0 no Allianz Parque, em São Paulo, e, restando quatro jogos para o fim do Campeonato Brasileiro, retornou para a zona de rebaixamento. O Colorado criou algumas oportunidades, mas não conseguiu marcar e ainda sofreu um gol no rebote de uma bola parada.

Com o resultado, aliado a vitória do Vitória sobre o Atlético-PR, o Colorado caiu para o 17º lugar com 38 pontos, um a menos que o Coritiba, que recebe o Atlético-MG, às 19h30min, no Couto Pereira, e o próprio Vitória, que também chegou a 39.

O próximo compromisso do Inter será em 11 dias. No dia 17, às 21h, o Colorado recebe a Ponte Preta, no estádio Beira-Rio. No mesmo dia e horário, o Palmeiras vai ao Independência enfrentar o Atlético-MG.

Inter começa pressionando, mas sofre gol no início do primeiro tempo

Os comandados de Celso Roth começaram a partida pressionando o Palmeiras, entretanto, não conseguiram criar nenhuma chance de gol, errando a meta nos dois chutes que deram. O castigo veio aos 16, após escanteio da direita de ataque, a defesa afastou, mas Thiago Santos cabeceou para dentro da área, onde Cleiton Xavier desviou e abriu o placar: Palmeiras 1 a 0.

O Inter, através do Twitter, reclamou que, no lance que originou o escanteio do gol, Mina teria cabeceado para fora e, o correto, seria o tiro de meta. Porém, uma imagem revelou que a bola bateu no braço de Paulão antes de sair pela linha de fundo.

Imediatamente após o gol, o Palmeiras passou a pressionar o Colorado, mas sem criar oportunidades claras. Aos 28, os donos da casa passaram a esperar o adversário para contra-atacar. Com isso, o Inter voltou a jogar no campo ofensivo e, dois minutos depois, numa cobrança de falta da intermediária ofensiva, Alex deu um toque para William que só rolou. O meia bateu à meia altura muito perto do poste direito de Jailson.

Aos 33, Anderson arriscou de fora da área, mas a bola saiu fraca e ficou fácil para Jailson. Dois minutos depois, o Colorado tinha 49% da posse de bola contra 51% do Palmeiras. Aos 39, William chutou fraco e rasteio e Jailson apenas segurou a bola com o pé. Nos descontos, após escanteio da direita de ataque, Vitor Hugo saltou mais alto que o marcador e cabeceou. Danilo Fernandes teve que saltar para fazer a ponte e soquear a bola pela linha de fundo.

Mesmo com mudanças, Inter não conseguiu buscar o empate

No intervalo, Celso Roth retirou Ceará e colocou Sasha. E foi dele a primeira oportunidade do segundo tempo. Após triangulação pela esquerda de ataque, o atacante arriscou forte chute de fora da área, pela esquerda, mas a bola desviou no corpo de Mina e ficou fácil para a defesa de Jailson.

Aos oito, Anderson recebeu lançamento próximo ao meio de campo e arrancou em velocidade. Ganhou no corpo de três marcadores, mas, no momento da batida estava desequilibrado e o chute passou perto do travessão do Palmeiras. Depois deste lance, os dois times passaram a disputar a bola de intermediária a intermediária, sem criar nenhuma chance de gol.

Celso Roth, aos 28, retirou Alex e colocou Valdívia. Ao chegar no banco de reservas, o experiente meia demonstrou irritação ao dar um tapa na garrafa de água oferecida pelo massagista da Inter. Apesar das alterações, o Palmeiras passou a ter maior posse de bola, mas sem conseguir pressionar.

Até que, aos 35, Diego arriscou de fora da área e a bola passou próximo ao ângulo esquerdo de Jailson. Sete depois, Gabriel Jesus chutou de dentro da área, Danilo Fernandes fez a defesa, mas a bola ainda acertou o poste esquerdo. No rebote, o goleiro evitou o gol após chute de Tchê Tchê, próximo a linha de fundo.

Anselmo, aos 42, fez jogada individual e arriscou da intermediária, mas a bola passou próximo ao ângulo direito de Jailson. O Inter insistiu desorganizadamente e não conseguiu buscar o empate. Com isso, o Colorado amargou a 16ª derrota em 34 jogos.

Brasileirão 2016 – 34ª Rodada

Palmeiras 1

Jailson; Jean, Mina, Vitor Hugo e Zé Roberto; Thiago dos Santos, Tchê Tchê e Cleiton Xavier (Fabiano); Roger Guedes (Alecsandro), Dudu e Gabriel Jesus.

Técnico: Cuca.

Inter 0

Danilo; Ceará (Sasha), Paulão, Ernando e Geferson; Anselmo, Dourado, William, Anderson e Alex (Valdívia); Aylon (Diego).

Técnico: Celso Roth.

Público: 31.967

Renda: R$ 2.112.466,12

Gols: Cleiton Xavier (16min/1ºT)

Cartões amarelos: –

Cartões vermelhos: –

Árbitro: Péricles Cortez (PE)

Auxiliares: Clovis Amaral da Silva (PE) e Cleberson do Nascimento Leite (PE)

Local: Allianz Parque, em São Paulo.

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Foto: AFP / Divulgação

O tremorregistrado neste sábado teve seu epicentro no estado de Oaxaca, no sul do país

Foto: Divulgação

Por volta das 4h, o indivíduo foi abordado por dois homens em uma moto que realizaram disparos de arma de fogo.

Foto: Divulgação

Abordagens foram realizadas em vários pontos da cidade.

Foto: Divulgação

Os suspeitos fugiram e foram perseguidos pela Brigada Militar.