Giro do Vale / País / Política

STF afasta Renan Calheiros da presidência do Senado

Marco Aurélio Mello atendeu a liminar da Rede Sustetabilidade contra parlamentar acusado por peculato.

Foto: EBC / Arquivo

Foto: EBC / Arquivo

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello decidiu, nesta segunda-feira, afastar o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), do comando do Congresso. O ministro atendeu a um pedido liminar feito pela Rede Sustentabilidade. Com o afastamento, Jorge Vianna, do PT do Acre, deverá assumir o comando da Casa.

O pedido de afastamento foi feito pelo partido após a decisão proferida pela Corte na semana passada, que tornou Renan réu pelo crime de peculato. De acordo com a legenda, a liminar era urgente porque o recesso no Supremo começa no dia 19 de dezembro, e Renan deixará a presidência no dia 1º de fevereiro do ano que vem, quando a Corte retorna aos trabalhos.

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Foto: Divulgação

Condutor colidiu o veículo no guarda corpo, ficando com danos num dos faróis e um pneu furado.

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

Fora de casa, time colorado ficou no 0 a 0 com a equipe mineira, mas segue líder.

Foto: Juliano Beppler da Silva / Giro do Vale

Temperatura segue em elevação pelo Estado e pode chegar a 35°C em Santa Rosa