Giro do Vale / Esporte / Inter

STJD oficia CBF e Vitória sobre caso Victor Ramos

Inter enviou à corte supostas provas de que zagueiro estaria inscrito de maneira irregular.

Foto: Francisco Galvão /  Vitória / Divulgação

Foto: Francisco Galvão / Vitória / Divulgação

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) oficiou nesta segunda-feira a CBF e o Vitória para que se manifestem sobre possíveis irregularidades na inscrição do zagueiro Victor Ramos. A medida ocorre após o Inter entrar com ação na corte, o que poderia fazer o tima baiano perder pontos no Campeonato Brasileiro, livrando os gaúchos, assim, do rebaixamento.

Tanto CBF quanto Vitória têm prazo máximo de dois dias para retornar sobre o assunto. Após as manifestações, a procuradoria do STJD decidirá se irá oferecer denúncia e levar o caso a julgamento ou se arquivará o processo. Caso haja julgamento, o objetivo é que a decisão saia ainda neste ano, conforme disse o presidente da corte, Ronaldo Piacente, à Rádio Guaíba na semana passada.

O Inter enviou documentos que embasariam a irregularidade na inscrição do atleta – já questionada pelo Bahia, neste ano. O Inter pretende “ratificar a gravidade, e comprovar a má-fé da conduta dolosamente praticada pelo Vitória”, que utilizou o jogador em 26 partidas do Brasileirão.

Na sua entrevista à Guaíba, Piacente ressaltou que analisaria as provas do Inter, mas lembrou que o caso já havia sido analisado pelo STJD anteriormente. “Já existe uma decisão da Fifa, da CBF e do STJD dizendo que este jogador está regular”, afirmou, antes de receber as supostas provas enviadas pelo Inter.

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Bandidos fugiram em um veículo Civic de cor prata.

Três indivíduos foram presos na ação conjunta da polícia.

Após registro o homem foi conduzido ao sistema prisional

Vítima levou uma coronhada na cabeça e precisou ser encaminhada ao hospital.