Giro do Vale / Internacional / Política

Venezuela é suspensa do Mercosul por não cumprir requisitos de adesão

País recebeu prazo em setembro para se adequar a exigências do bloco.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Os quatro países fundadores do Mercosul – Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai – enviaram uma “comunicação” à Venezuela indicando que os direitos do país no bloco “estão suspensos”. A informação foi dada nesta quinta-feira por uma fonte do governo brasileiro.

A decisão está ligada ao vencimento do último prazo acordado em setembro para que Caracas cumprisse com suas obrigações de adesão ao Mercosul. Em setembro passado, os Estados Partes do Mercosul deram prazo de três meses à Venezuela para cumprir o estabelecido no Protocolo de Adesão quanto à adoção da normativa do bloco.

A Venezuela incorporou-se como sócio pleno do Mercosul em junho de 2012, em decisão tomada pelos então presidentes do Brasil, Dilma Rousseff; da Argentina, Cristina Kirchner; e do Uruguai, José Mujica, que previamente suspenderam o Paraguai, cujo Congresso não ratificou o protocolo de adesão deste país. O argumento para suspender o Paraguai foi a destituição do ex-presidente de esquerda Fernando Lugo por um julgamento político iniciado pelo Parlamento, com a acusação de mau desempenho.

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Aposentados por invalidez ou beneficiados por auxílio-doença não foram localizados anteriormente.

Dia começa com marcas abaixo de 5ºC na maior parte dos municípios.

Quina foi marcada por 93 apostas que poderão receber mais de R$ 45,6 mil.

Rua Roberto J. Herber, no Bairro São Francisco, está isolada a espera de uma equipe da RGE Sul.