Giro do Vale / Destaque / Estado / Saúde

Rio Grande do Sul perde 474 leitos do SUS em hospitais em dois anos

Desde 2015, Estado voltou a registrar queda no número de vagas de internação, em razão da falta de recursos financeiros.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Em dois anos, o Rio Grande do Sul perdeu 474 leitos hospitalares reservados a pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) — uma média de 20 por mês. Efeito colateral da crise financeira dos hospitais, a situação acaba por afetar quem mais precisa de amparo: a população carente, que não tem plano privado e não pode pagar pelo serviço.

De acordo com a Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes, Religiosos e Filantrópicos do Estado, cada leito contempla, em média, seis pacientes por mês. Com a redução, estima-se que 2,8 mil pessoas deixaram de ser internadas mensalmente.

 

Zero Hora

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Indivíduo foi recolhido ao sistema prisional

Vítima ficou levemente ferida e foi encaminhada para atendimento no Hospital Ouro Branco

Com isso, temperaturas diminuem e máximas ficam pouco acima de 20°C na Metade Sul