Giro do Vale / Encantado / Polícia

Suspeitas de participação em assalto a bancos de Putinga são abordadas

Uma das mulheres já foi abordada em situação semelhante após um roubo a banco em Maximiliano de Almeida.

Foto: Reprodução WhatsApp

Foto: Reprodução WhatsApp

Duas mulheres suspeitas de envolvimento no ataque a dois bancos de Putinga, na tarde desta segunda-feira, dia 9, foram abordadas no município de Encantado. Em um primeiro momento, as mulheres de 30 e 23 anos, moradoras de Caxias do Sul, estavam em um Palio, com placas de Caxias, fiscalizado em uma estrada vicinal entre Putinga e Relvado.

Elas informaram aos policiais militares que estavam indo para Encantado, sem explicar o que faziam no trecho. Houve suspeita, mas como não havia qualquer elemento para realizar uma prisão, elas foram liberadas. Quando a guarnição chegou em Putinga, foi informada por populares que este Palio tinha sido visto rondando pela cidade no momento do assalto.

Outras guarnições foram comunicadas e pararam o carro no município de Encantado. As suspeitas foram levadas à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Lajeado, onde foram ouvidas e liberadas. O carro e um celular foram apreendidos para investigação.

Segundo informações repassadas na delegacia, uma das mulheres já foi abordada em situação semelhante após um roubo a banco no município de Maximiliano de Almeida.

O roubo

Um grupo de pelo menos cinco criminosos, armados com fuzis, cometeram o crime nas agências do Banrisul e Sicredi, no Centro de Putinga. O bando fez um cordão humano com clientes e pedestres em frente às instituições. Não há informação sobre quantia em dinheiro levada.

Após o assalto, a quadrilha fugiu num Renault Duster branco, com placas de Casca, furtado em Flores da Cunha, na direção de Linha Felizardo Júnior. Eles levaram de reféns um gerente e a funcionária de uma das agências.

Os reféns foram libertados e o carro abandonado na localidade de Linha Santa Tereza. Os criminosos teriam saído em outro carro que os aguardava no local. No trajeto, foram espalhados miguelitos para dificultar a ação da BM.

 

Grupo Independente

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Também foram encontradas aproximadamente 20 buchas de crack, bem como dinheiro trocado, característico do tráfico de drogas

Estrutura tem condição de grave e iminente risco à saúde e à integridade física dos 353 trabalhadores

Criminosos, um homem e quatro mulheres, são de Porto Alegre