Giro do Vale / Geral / Teutônia

Artefato encontrado no interior de Teutônia era simulacro de explosivo

GATE esteve no local e constatou tratar-se de uma bomba falsa.

Foto: Marcio Steiner / Grupo Independente

Foto: Marcio Steiner / Grupo Independente

O Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) de Porto Alegre, desmantelou, às 14h20 desta sexta-feira, dia 17, o artefato encontrado no início da manhã, no interior de Teutônia. De acordo com a Brigada Militar (BM), populares viram o objeto, semelhante a bananas de dinamite, por volta das 7h30, às margens da estrada geral de Linha Posses, altura da divisa de Teutônia com Fazenda Vilanova, imediações do campo do Bangu. Diante da duvida, se o material era ou não explosivo, o local foi isolado e solicitada a presença do Gate.

Os Grupo chegou às 13h30, quando a estrada foi totalmente isolada. Foi feita a análise e desativação do objeto por desmantelamento, utilizando uma espécie de canhão d’água. O fluxo de veículos foi liberado às 14h40. Conforme o capitão do Gate, que comandou a operação, não foi encontrado nada no material que o classificasse como explosivo. Verificando-se desta forma tratar-se de um simulacro.

O delegado da Polícia Civil de Teutônia, Humberto Roehrig, diz que irá investigar o caso, no objetivo de identificar o responsável pela confecção e ter deixado o material no local. O mesmo lamenta a “brincadeira de mal gosto”, a qual exige toda uma mobilização por parte do Estado, com diversos profissionais, e gastos aos cofres públicos.
Estiveram no local equipes do Gate, Polícia Civil, Brigada Militar, Corpo de Bombeiros e Samu, somando cerca de 20 pessoas. Não se descarta, no caso de identificação do responsável, a cobrança dos custos que o Estado teve com a operação.

 

Grupo Independente

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Foto: Lucas George Wendt / Divulgação

Evento será no teatro da instituição às 18h

Fotos: Divulgação / PRF

Acidente entre três caminhões ocorreu no KM 254 da rodovia.

Foto: Divulgação

Acordo entre líderes aprovou destaque do PPS para adiar o prazo.

Foto: Reprodução / WhatsApp

As circunstâncias do acidente ainda não foram esclarecidas.