Giro do Vale / Geral / País

Deputados aprovam criação do Documento de Identificação Nacional

Agora, proposta será encaminhada para análise do Senado.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou na tarde desta terça-feira, dia 21, o projeto de lei do Executivo, que determina que dados biométricos e civis, como RG, Carteira Nacional de Habilitação e o título de eleitor, sejam concentrados em um único documento: o Documento de Identificação Nacional (DIN). A matéria, aprovada na forma de um substitutivo do deputado Julio Lopes (PP-RJ), será enviada ao Senado. As informações são da Agência Câmara.

De acordo com o projeto, o DIN, por meio de tecnologia de chip, dispensará a apresentação dos documentos que lhe deram origem ou nele mencionados e será emitido pela Justiça Eleitoral, ou por delegação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a outros órgãos.

Nesse documento, que será impresso pela Casa da Moeda, o CPF será usado como base para a identificação do cidadão. Já os documentos emitidos pelas entidades de classe somente serão validados se atenderem os requisitos de biometria e de fotografia conforme o padrão utilizado no DIN.

As entidades de classe terão dois anos para adequarem seus documentos aos requisitos exigidos pelo novo documento.

 

Rádio Gaúcha

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Material estava em tonéis, e foi levado em ação que durou cerca de 5 minutos.

O suspeito, que já foi três vezes preso por furto em pouco mais de um mês, estava no interior do carro.

Veículo estava abandonado em uma rua do Bairro Pinheiros.

Decisões no mês de agosto fazem comissão técnica pensar em preservar jogadores importantes.