Giro do Vale / Esporte / Inter

Inter bate o Criciúma e segue 100% na Copa da Primeira Liga

Colorado fez primeiro tempo apagado, mas venceu de virada o time catarinense.

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

O Inter começou com uma atuação apagada, sofrendo o 1 a 0, mas os garotos do time reserva foram para cima no segundo tempo e conseguiram a virada por 3 a 1, nesta quinta-feira. Cláudio Winck e Andrigo lideraram a recuperação colorada para definir o 100% do Colorado na primeira fase da Primeira Liga. Agora, só volta a jogar pelo torneio em 29 de agosto.

Os times desentrosados protagonizaram um primeiro tempo com vários erros de passe e poucas jogadas claras de gol. As melhores, contudo, foram do Criciúma, ainda que uma delas tenha sido até contra a própria meta.

Criciúma se recupera de trapalhada para abrir o placar

Aos 12 minutos, o Inter quase abriu o placar sem que um jogador do time sequer tocasse na bola, na jogada. Chico recuou bola forte para Eduardo. O goleiro se atrapalhou e deixou a bola passar por baixo da perna. A trave direita evitou o vexame, enquanto Janson despachou pela lateral.

Dois minutos depois, mais uma chance criada pelos catarinenses. Dessa vez, do lado certo. Diogo Mateus recebeu cruzamento do lado direito. Ele dominou e chutou a dois passos da pequena área, mas mandou nas redes pelo lado de fora.

O Colorado, enquanto isso, ganhou alguns escanteios e teve chance numa cobrança de falta. Mas Andrigo mandou em cima da barreira. Pouco efetivo, sofreu o gol aos 42 minutos. Carlos Eduardo recebeu livre no lado direito, armou o chute e acertou a trave. A bola voltou e, sem goleiro, Flávio cutucou para o fundo das redes, definindo o 1 a 0 antes do intervalo.

Com um a mais, Colorado vai para cima

A segunda etapa começou devagar e sem um esboço efetivo de reação colorada. As equipes criaram pouco, com o Criciúma concentrado em manter o resultado.

O primeiro ataque efetivo do Inter veio aos 17 minutos. Bruno Baio recebeu na área, tentou tocar de letra na cara do goleiro, mas bateu fraco em cima de Eduardo. Três minutos depois, o zagueiro Nino levou o segundo cartão amarelo e acabou expulso.

A balança do jogo inclinou a favor dos colorados. Com a vantagem numérica e a pressão, aos 26 minutos veio o empate. Em cruzamento de Andrigo, Cláudio Winck dividiu de cabeça na área para defesa no reflexo de Eduardo. Só que sobrou no pé do lateral do Inter, que fulminou para as redes.

O Criciúma desmontou e, três minutos depois, Andrigo decretou a virada. Ele recebeu no lado direito, driblou Janson com um corte de entortar a coluna e chutou no ângulo esquerdo para o 2 a 1. Nem deu para respirar da festa, pois o Criciúma perdeu a saída de bola logo em seguida e tomou o 3 a 1. Diego foi lançado na área, esperou o bote da marcação e chutou cruzado, rente à trave esquerda para decretar a vitória do Inter.

Primeira Liga – 3ª rodada

Criciúma 1

Eduardo Babiuk; Diogo Mateus, Nino, Ianson e Chico; Lucas (Eduardo), Lucas Bressa e Carlos Eduardo; Matheus (Alan), Flávio(Gabriel) e Kalil. Técnico: Deivid

Inter 3

Marcelo Lomba; Cláudio Winck, Eduardo, Neris e Iago; Eduardo Henrique (Juan), Valdemir, Andrigo (João Pedro), Mossoró e Diego; André (Ariel Marques). Técnico: Antonio Carlos Zago

Gols: Flávio (42min/1ºT), para o Criciúma; Cláudio Winck (26min/2ºT), Andrigo (30min/2ºT) e Diego (31min/2ºT), para o Inter.

Arbitragem: Felipe Gomes da Silva apita a partida, auxiliado por André Luiz Severo e Sandra Maria Dawies.

Cartões amarelos: Nino (C); Cláudio Winck e Valdemir (I).

Cartão vermelho: Nino, Diogo Mateus, Ianson e Lucas (C); Valdemir, Cláudio Winck e Valdemir (I).

Local: Heriberto Hulse, em Criciúma-SC.

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Foto: Juliano Beppler / Giro do Vale

Evento que ocorreria domingo, foi transferido para esta quarta-feira, dia 20.

Foto: Alfredo Estrella / AFP / Divulgação

Pelo menos 45 edifícios ficaram totalmente destruídos na capital do país

Foto: Apu Gomes / Divulgação

Tricolor busca vaga nas semifinais da Libertadores a partir das 21h45min

Foto: Divulgação

Uma das vítimas precisou ser transferida para o HPS de Canoas