Giro do Vale / Esporte / Grêmio

Reservas do Grêmio perdem para o Flamengo na estreia na Primeira Liga

Falta de entrosamento do Tricolor impediu reação aos 2 a 0 em Brasília.

Foto: André Borges / Agif / Folhapress

Foto: André Borges / Agif / Folhapress

Falta de entrosamento e falhas defensivas na bola aérea decretaram a derrota do Grêmio para o Flamengo, nesta quarta-feira. Os reservas do Tricolor sofreram um gol em cada tempo e criaram poucas chances para reverter o 2 a 0 no Mané Garrincha, em Brasília, na estreia na Primeira Liga.

Com o resultado, os gremistas ficam na lanterna no grupo B do torneio, zerado na pontuação. O Flamengo, por sua vez, lidera com três pontos. A próxima partida da competição é contra o América-MG, em 22 de fevereiro, na Arena.

Flamengo domina e abre o placar

Os reservas do Grêmio não conseguiram manter um jogo organizado e, com muito mais qualidade, o Flamengo conseguiu abrir vantagem no fim da primeira etapa. O Tricolor até conseguiu aguentar a pressão no começo da partida, mas sem equilibrar as ações, acabou atrás do placar antes da virada. Logo nos primeiros dois minutos, os gremistas se safaram do gol, em jogadas de bola aérea. Primeiro, Diego cobrou escanteio, Guerrero subiu mais que Bressan e cabeceou a centímetros do poste esquerdo. Depois, foi a vez de Mancuello levantar na área para Éverton cabecear para fora, a centímetros o poste direito.

A melhor e única jogada com chance de gol do Tricolor veio aos 16 minutos, com a participação dois estreantes. Léo Moura lançou Kaio, que cruzou na área. Michel aparou de cabeça, mas mandou sobre o gol.

Só que o Flamengo voltou à carga e gradualmente se aproximou do gol. Aos 35, Mancuello recebeu na área, girou sobre a marcação e chutou cruzado, para fora. No lance seguinte, Bruno Grassi falhou na cobrança de falta e quase sofreu um frango constrangedor. Mas o goleiro ainda se recuperou para tirar em cima da linha. Guerrero apareceu no rebote, mas Léo Moura se atirou na frente para evitar o 1 a 0.

Aos 42 minutos, entretanto, a marcação não resistiu. Diego recebeu no meio e rolou para Trauco de calcanhar. O lateral lançou Éverton, que superou Thyere na corrida e chutou rasteiro, no canto esquerdo. Bruno Grassi caiu tarde e a bola foi para as redes para o 1 a 0.

Grêmio melhora, mas não consegue reagir

O Grêmio iniciou a segunda etapa ensaiando uma pressão e o Flamengo foi menos incisivo. O Tricolor promoveu a entrada de Jael no lugar de Michel, aumentando a presença ofensiva. Com isso, Bolaños quase igualou aos 13 minutos. Ele recebeu na esquerda, driblou Pará e chutou forte no canto direito. O goleiro Alex Muralha espalmou para escanteio.

Aos 23, foi a vez de Éverton testar do meio da rua. Mandou muito forte, para outra boa defesa de Muralha. Apesar de ocupar mais o campo ofensivo, o Grêmio gerou poucas chances efetivas de gol. A melhor delas, aos 26 minutos. Bolaños lançou bom contragolpe com Fernandinho, que lançou Cortez na corrida. O lateral tinha espaço para o chute, mas preferiu centralizar na pequena área e a zaga afastou.

Aí, veio o castigo na qualidade ofensiva do Flamengo. Em cobrança de escanteio, Guerrero desviou fraco de cabeça e Bruno Grassi voltou a falhar. Deu um soco fraco na bola e ela sobrou para Berrío. Sem marcação ou goleiro, ele fulminou para as redes o 2 a 0.

O Grêmio ainda lançou Máxi Rodríguez no lugar de Éverton, na tentativa de reverter o prejuízo, mas pouco conseguiu produzir. Amargou a derrota na estreia na Primeira Liga.

Primeira Liga – 1ª rodada

Flamengo 2

Muralha; Pará, Réver, Rafael Vaz e Trauco; Rômulo, Willian Arão, Mancuello (Berrío) e Diego (Márcio Araújo); Éverton (Gabriel) e Guerrero. Técnico: Zé Ricardo.

Grêmio 0

Bruno Grassi; Leo Moura, Rafael Thyere, Bressan e Cortez; Arthur, Michel (Jael), Kaio, Fernandinho e Everton (Maxi Rodriguez); Miller Bolaños. Técnico: Alexandre Mendes.

Gols: Éverton (42min/1ºT) e Berrío (32min/2ºT, para o Flamengo.

Cartões amarelos: Diego (F); Bressan (G).

Árbitro: Bráulio Machado da Silva (SC).

Local: Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF).

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Dia ainda começa com sol em alguns pontos e máximas chegam a 35°C

Cristiano Ronaldo, de falta, marcou o gol que deu ao time espanhol o sexto título

Programação ocorrerá no Bairro San Diego a partir das 17h.

Vinte e dois anos depois, o clube gaúcho tem nova chance de reconquistar o planeta.