Giro do Vale / Destaque / País / Política

Câmara aprova substitutivo do Senado que libera a terceirização

Projeto teve 231 votos favoráveis e 188 contrários, com oito abstenções.

Foto: Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados

Foto: Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, na noite desta quarta-feira, dia 22, substitutivo do Senado que permite a terceirização em todas as atividades da empresa. O texto foi apresentado em parecer do deputado Laercio Oliveira (SD-SE) no lugar da proposta original da Câmara, que previa terceirização apenas nas atividades-meio.

A votação teve 231 deputados favoráveis, 188 contrários, além de oito abstenções. Foi rejeitado dispositivo do texto do Senado e mantido trecho da redação da Câmara, sobre trabalho temporário, para deixar claro que essa modalidade poderá ser usada nas atividades-fim e nas atividades-meio da empresa. Foi ampliado para 180 dias o período de trabalho temporário. Anteriormente, eram três meses.

Posteriormente, poderão ser votadas emendas à proposta. Opositores ao texto buscam frear a liberação total da terceirização com essas medidas.

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Programação inicia pela manhã, e contará com jogos ao longo do dia, e almoço na casa do Rudibar.

Somente com jogadores da cidade, equipe vai para sua primeira experiência na competição regional.

Droga estava escondida em compartimentos ocultos dentro de um veículo Hyundai I30.

Terceira etapa da competição de corrida e caminhada acontece no domingo, dia 22.