Giro do Vale / Destaque / País / Política

Câmara aprova substitutivo do Senado que libera a terceirização

Projeto teve 231 votos favoráveis e 188 contrários, com oito abstenções.

Foto: Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados

Foto: Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, na noite desta quarta-feira, dia 22, substitutivo do Senado que permite a terceirização em todas as atividades da empresa. O texto foi apresentado em parecer do deputado Laercio Oliveira (SD-SE) no lugar da proposta original da Câmara, que previa terceirização apenas nas atividades-meio.

A votação teve 231 deputados favoráveis, 188 contrários, além de oito abstenções. Foi rejeitado dispositivo do texto do Senado e mantido trecho da redação da Câmara, sobre trabalho temporário, para deixar claro que essa modalidade poderá ser usada nas atividades-fim e nas atividades-meio da empresa. Foi ampliado para 180 dias o período de trabalho temporário. Anteriormente, eram três meses.

Posteriormente, poderão ser votadas emendas à proposta. Opositores ao texto buscam frear a liberação total da terceirização com essas medidas.

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Ocorreu a colisão traseira entre dois caminhões, em Coxilha Velha, Triunfo

Segundo a ação, Maneco e Brito, durante a campanha às eleições de 2012, utilizaram as instalações de uma escola para favorecimento direto às suas candidaturas

Acidente aconteceu entre Fontoura Xavier e São José do Herval

Mais de 7 milhões de pessoas serão afetadas