Giro do Vale / Esporte / Grêmio / Inter

Grêmio e Inter fazem grande Gre-Nal e empatam em 2 a 2

Tricolor saiu na frente, Colorado buscou a virada, mas sofreu o empate no fim.

Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação

Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação

Um grande Gre-Nal começou com domínio gremista, mas num dia de ousadia dos técnicos, o Inter chegou a virar a partida antes de um golaço de Fernandinho decretar o empate em 2 a 2. O segundo tempo foi todo ataque e premiou a torcida com belas atuações neste sábado na Arena.

Este resultado deixa o Grêmio na vice-liderança, com 11 pontos. O Inter vai a sete pontos, na quinta colocação. Ambos aguardam o fechamento da rodada, entretanto.

O primeiro tempo do Gre-Nal foi de muita velocidade e predomínio do Grêmio. Mais organizado, o Tricolor tocava a bola de forma incisiva e ainda aproveitou um contragolpe para abrir o placar, num dos poucos ataques do Inter.

Domínio tricolor

Os comandados de Renato Portaluppi apresentaram armas aos sete minutos. Michel roubou a bola de D’Alessandro e lançou Luan. Ele tocou com Pedro Rocha, que serviu Bolaños na área. Mas o equatoriano demorou para chutar e Paulão surgiu para afastar.

Três minutos depois, Danilo Fernandes precisou trabalhar. Bolaños recebeu na direita, chutou de longe e houve desvio. No reflexo, o goleiro colorado catou firme.

O Inter tentou avançar a marcação, mas acabou castigado logo após sua melhor chance de abrir o placar. Aos 21 minutos, Dourado recebeu na área e rolou para trás. Brenner tocou no meio para William, mas na cara do gol ele chutou mascado. Geromel bateu para frente e iniciou o contra-ataque do gol.

Ramiro dominou no meio e, entre dois marcadores, conseguiu lançar Pedro Rocha livre na esquerda. O garoto disparou pela esquerda e serviu Bolaños na cara do gol. Com qualidade, o equatoriano fulminou o 1 a 0, sem chances para Danilo.

O Tricolor não se contentou e seguiu na pressão para ampliar, só que passou a desperdiçar chances. Aos 24, Michel tabelou pelo alto com Bolaños e emendou um peixinho que passou à direita do gol.

Antes da virada, Bolaños protagonizou um dos lances mais bonitos da partida. Michel levantou curto na entrada da área e o equatoriano puxou a bicicleta. Bateu forte, mas à esquerda do gol. Foi só no minuto seguinte que o Inter deu o primeiro chute da partida. Carlinhos mandou uma bomba da esquerda que Marcelo Grohe afastou de soco. No rebote, Charles tentou o chute, mas carimbou a defesa.

Reação fulminante do Inter

Na volta do intervalo, contudo, Antônio Carlos Zago ousou e foi com tudo para cima. Colocou Nico Lopez e Roberson nos lugares de Carlos e Charles. A alteração deu resultado imediato, com o Inter em cima do Grêmio.

Aos seis minutos, Nico Lopez recebeu na direita, puxou para o meio e chutou forte. A bola desviou e Grohe fez defesa difícil no canto direito. Quatro minutos depois, veio o gol de empate. Em contragolpe, Roberson recebeu livre, tabelou com Brenner e fulminou no canto esquerdo, sem chances para Grohe.

O Grêmio sentiu o golpe e sofreu a virada em dois minutos. Na pressão colorado, Carlinhos lançou Brenner na cara do gol e o centroavante encobriu Grohe na saída do goleiro para correr para o abraço.

Foi a vez de Renato mandar o time para frente. Tirou Pedro Rocha para promover a estreia de Lucas Barrios. Em seguida, Fernandinho entrou no lugar de Michel. Primeiro, Barrios cabeceou para grande defesa de Danilo Fernandes. Depois, aos 23 minutos, o empate num jogo cheio de alternativas.

Ramiro recebeu na esquerda e viu Fernandinho no lado oposto. Ele abriu bola e o atacante, no primeiro lance na partida, fez uma pintura de gol. Tirou Dourado no domínio e chutou com muito efeito. A bola contornou a marcação, o goleiro Danilo e entrou no ângulo esquerdo para o 2 a 2.

A partida seguiu imprevisível, com os dois times acumulando chances, e desperdiçando. Aos 32, Nico Lopez recebeu na área, tirou a marcação e chutou. Geromel se atirou na frente para evitar o gol. A resposta gremista veio em grande jogada de Barrios. O paraguaio lançou Bolaños na frente do gol, mas o chute de voleio saiu por cima, mantendo a igualdade.

Gauchão – 6ª rodada

Grêmio 2

Marcelo Grohe; Léo Moura, Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Michel (Fernandinho), Jaílson (Lincoln), Ramiro e Bolaños; Pedro Rocha (Lucas Barrios) e Juan. Técnico: Renato Portaluppi.

Inter 2

Danilo Fernandes; William, Léo Ortiz, Paulão e Carlinhos; Rodrigo Dourado, Charles (Roberson), Uendel e D’Alessandro; Carlos (Nico López) e Brenner (Anselmo). Técnico: Antonio Carlos Zago.

Gols: Bolaños (21min/1ºT) e Fernandinho (23min/2ºT), para o Grêmio; Roberson (10min/2ºT) e Brenner (12min/2ºT), para o Inter.

Cartões amarelos: Michel, Bolaños, Luan, Geromel (G); Léo Ortiz, Nico López, Anselmo, Paulão, D’Alessandro (I).

Arbitragem: Leandro Vuaden, auxiliado por Lúcio Flor e José Calza.

Local: Arena.

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Bandidos fugiram em um veículo Civic de cor prata.

Três indivíduos foram presos na ação conjunta da polícia.

Após registro o homem foi conduzido ao sistema prisional

Vítima levou uma coronhada na cabeça e precisou ser encaminhada ao hospital.