Giro do Vale / Esporte / Inter

Inter empata com o Ypiranga e leva Recopa Gaúcha nos pênaltis

Goleiro foi o destaque colorado ao defender duas cobranças.

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

O Inter apenas empatou em 1 a 1 com o Ypiranga de Erechim na noite desta quarta-feira em jogo válido pela 9ª rodada do Campeonato Gaúcho e também pela Recopa Gaúcha. Por conta disso, a partida foi para os pênaltis, onde o Colorado levou a melhor por 4 a 3 e ficou com a taça.

O destaque das cobranças de pênaltis foi o goleiro Danilo Fernandez, que defendeu duas cobranças, de Éder e Márcio. No Inter, D’Alessandro, William, Valdívia e Ortiz bateram e marcaram.

No tempo normal, Talles Cunha fez o gol do Ypiranga aos 40 minutos do primeiro tempo e Brenner, de pênalti, igualou aos 39 do segundo.

O empate deixou o Inter em situação delicada no Campeonato Gaúcho. O Colorado é o sétimo colocado, mas pode deixar a zona de classificação do estadual se Brasil de Pelotas e São José vencerem nesta quinta-feira. O Xavante recebe o Caxias no Bento Freitas enquanto o Zequinha encara o São Paulo em Rio Grande.

O São José é o próximo adversário do Inter. No domingo, às 16h, os dois clubes se enfrentam no Estádio do Vale, em Novo Hamburgo. No mesmo dia e horário, o Ypiranga encara o Cruzeiro em Gravataí.

Improvisações não dão certo e Inter faz péssimo primeiro tempo

O técnico Antônio Carlos Zago surpreendeu na escalação do Inter e promoveu a estreia de Victor Cuesta na lateral. Com isso, Uendel voltou ao meio-campo, que teve ainda como surpresa a manutenção de Anselmo com Charles ficando no banco. A formação, porém, não deu resultado e o Colorado fez o seu pior primeiro tempo da temporada nesta noite no Colosso da Lagoa.

Com falta de aproximação entre os volantes e os laterais, o Inter não conseguiu jogar pelos lados ao longo de toda a primeira etapa. No centro do gramado, o Ypiranga conseguiu bloquear bem D’Alessandro e deixou o time de Zago sem chegada ao ataque. Isolados, Nico López e Brenner não conseguiram nenhuma finalização ao longo de toda a primeira etapa.

Faltava ao Ypiranga conseguir atacar o Inter. Guilherme Macuglia teve sucesso em sua estratégia defensiva, mas a equipe tinha dificuldade para chegar ao gol de Danilo Fernandes. Isso durou até os 40 minutos, quando a zaga vermelha facilitou.

O Ypiranga chegou a um gol em um balão do seu goleiro. Carlão bateu a bola para a frente e Léo Ortiz perdeu o tempo da bola. Quem se aproveitou foi Talles Cunha que ganhou do zagueiro colorado e conseguiu dar um toque na saída de Danilo Fernandes para abrir o placar. O Inter terminou o primeiro tempo sem nenhuma finalização certa no gol do time de Erechim.

Zago mexe e abre mão de improvisações

Após a péssima atuação no primeiro tempo, Antônio Carlos Zago promoveu duas mudanças para a etapa final. Saíram o zagueiro Paulão e o atacante Nico López para as entradas de Roberson e Valdívia. Com isso, Cuesta foi para a zaga e Uendel retornou à lateral. No Ypiranga, Michel Henrique ingressou na vaga de Maycon.

Na nova formação, Zago segurou Anselmo e Rodrigo Dourado e montou um quarteto ofensivo com D’Alessandro, Valdívia, Brenner e Roberson na tentativa de pressionar o Ypiranga.

E alteração quase teve resultado aos 11 minutos, quando o Colorado teve duas oportunidades para empatar. Uendel fez bela jogada pela esquerda e cruzou para Roberson, que quase dentro do gol perdeu o tempo do cabeceio e mandou para cima. Ele ainda conseguiu tocar novamente na bola para o meio da pequena área, onde Brenner tentou de virada, mas o chute estourou na marcação de Wagner.

Para conter a movimentação colorada, o técnico Guilherme Macuglia queimou suas últimas substituições. Saíram Guilherme Araújo e Kaio para as entradas de Néverton e Evair.

Ddesorganizado, o Inter seguiu pressionando na base da vontade e chegou a balançar as redes aos 25 minutos. D’Alessandro cruzou da esquerda, Ortiz desviou o Brenner empurrou para dentro do gol, mas o lance foi anulado por impedimento.

Aos 29, Brenner recebeu passe de Roberson no lado esquerdo da área e bateu colocado para defesa de Carlão. Como o lance anterior foi anulado por impedimento, esse foi o primeiro chute no gol valendo do Inter na partida.

Faltando 15 minutos para o fim do tempo regulamentar, Zago fez a última troca no Inter. E mais uma vez foi ofensiva. O volante Rodrigo Dourado deixou o campo para a entrada do meio Andrigo.

Colorado chega ao gol em pênalti

Se estava difícil criar, a defesa do Ypiranga deu uma mão para o Inter. Aos 35, Andrigo cruzou e a bola pegou no braço de Wagner, que estava aberto. Pênalti marcado pelo árbitro Anderson Daronco. Coube ao artilheiro Brenner fazer a cobrança. Com calma, ele foi caminhando para a bola e bateu deslocando Carlão, 1 a 1.

O Inter quase chegou à virada aos 45. Uendel tabelou com Brenner e apareceu dentro da área livre, soltou a bomba e mandou raspando à trave esquerda de Carlão na melhor jogada trabalhada pelo time de Antônio Carlos Zago na partida. Final dos 90 minutos: Ypiranga 1 x 1 Inter.

Nos pênaltis brilhou a estrela de Danilo Fernandes, que defendeu duas cobranças. D’Alessandro, William, Valdívia e Léo Ortiz converteram e decretaram a vitória do Inter por 4 a 3.

Campeonato Gaúcho – 9ª rodada e decisão Recopa Gaúcha

Ypiranga – 1

Carlão; Márcio, Negretti, Wagner e Gabriel Araújo (Néverton); Tairone, Jackson, Éder, Talles Cunha e Kaio (Evair); Maycon (Michel Henrique). Técnico: Guilherme Macuglia.

Inter – 1

Danilo Fernandes; William, Léo Ortiz, Paulão (Valdívia), Victor Cuesta; Rodrigo Dourado (Andrigo), Anselmo, Uendel; D’Alessandro, Nico López (Roberson) e Brenner Técnico: Antônio Carlos Zago.

Gols: Talles Cunha (40min/1ºT); Brenner (39min/2ºT)

Cartões amarelos: Tairone, Carlão (YPI); Paulão, Dourado (INT)

Árbitro: Anderson Daronco, auxiliado por Fabrício Lima Baseggio e Mateus Olivério Rocha.

Local: Estádio Colosso da Lagoa, em Erechim (RS).

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Três pessoas teriam sofrido ferimentos, mas sem gravidade.

Bando fez cordão humano com vítimas.

Alunas aprendem noções iniciais de informática, manuseio do mouse e teclado, editor de textos, internet e e-mail.

O recurso foi destinado pelo Deputado Federal Covatti Filho (PP) por solicitação da executiva municipal do partido.