Giro do Vale / Lajeado / Polícia

Ladrões arrombam asilo em Lajeado e furtam talões de cheques e dinheiro

Coordenação da Vovolar Lajeado acredita que assaltantes conheciam o prédio.

A Vovolar Lajeado foi arrombada durante o último fim de semana. Foram levados três talões de cheques em branco, além de uma quantia em dinheiro entre R$ 500 e R$ 1 mil. O dinheiro levado seria usado na manutenção da entidade, que fica na rua João Pessoa, no Bairro Hidráulica. Fica o alerta para que não sejam aceitos cheques em nome da Sociedade Lajeadense de Acolhimento aos Idosos e da Sociedade Lajeadense de Amparo ao Idoso Carente.

O furto foi percebido na manhã da segunda-feira, dia 6. A sala, destinada à assistência social, não é utilizada com frequência. Por isso, não era aberta desde a sexta-feira, dia 4. Câmeras de vigilância fazem o monitoramento do asilo. No entanto, elas não conseguiram registrar a ocorrência. O cômodo está situado no lado direito do imóvel, que não tem monitoramento.

Como a sala permanece chaveada, a coordenadora da Vovolar, Glaci Guzzon Garcia, acredita que os ladrões conheciam o prédio. “Pra fazer o estrago que fizeram, arrebentando a gaveta onde estava a pasta com os cheques e o dinheiro, é porque sabiam. Ou receberam orientações”, explica. Os itens levados estavam num armário, que também fica trancado.

Na avaliação da coordenadora, os ladrões ingressaram na sala através de uma janela. O sistema de saneamento da Vovolar está em revisão, há cerca de duas semana. Por conta da obra, o muro foi destruído e o portão retirado. No fim de semana a estrutura foi realocada, porém um buraco foi deixado pelos operários. Glaci acredita que os ladrões tenham aproveitado o momento para realizar o furto.

As 16 idosas atendidas pela casa não sabem do que ocorreu. Segundo a coordenadora “isso vai deixá-las preocupadas e assustadas”.

A direção da Vovolar pediu aos trabalhadores que agilizem o término da obra, para que tenham mais segurança. Informações podem ser repassadas à Vovolar, pelo telefone (51) 3710 2400, à Brigada Militar (BM), pelo 190, ou à Polícia Civil, pelo número 197.

 

Grupo Independente

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Foto: Juliano Beppler / Giro do Vale

Evento que ocorreria domingo, foi transferido para esta quarta-feira, dia 20.

Foto: Alfredo Estrella / AFP / Divulgação

Pelo menos 45 edifícios ficaram totalmente destruídos na capital do país

Foto: Apu Gomes / Divulgação

Tricolor busca vaga nas semifinais da Libertadores a partir das 21h45min

Foto: Divulgação

Uma das vítimas precisou ser transferida para o HPS de Canoas