Giro do Vale / Destaque / Estado / Geral

Operação combate quadrilha especializada em roubo a bancos no Rio Grande do Sul

“Novo Cangaço” deve cumprir 45 mandados judiciais em solo gaúcho e catarinense.

Foto: Polícia Civil / Divulgação

Foto: Polícia Civil / Divulgação

Uma organização criminosa, especializada em roubo a bancos, é alvo de uma operação da Polícia Civil deflagrada na manhã desta quarta-feira no Noroeste do Rio Grande do Sul. A ofensiva, denominada Novo Cangaço, deve cumprir 29 mandados de busca e 16 mandados de prisão em diversas cidades gaúchas e uma em Santa Catarina. Oito pessoas já foram presas.

Os mandados devem ser cumpridos nas cidades de Carazinho, Cerro Grande, Miraguaí, Planalto, Redentora, Tenente Portela, Três Passos e Vacaria, além do município de Bom Jardim da Serra, localizado no estado catarinense.

Foto: Polícia Civil / Divulgação

Foto: Polícia Civil / Divulgação

A investigação que deu origem à operação começou a partir do roubo de dois bancos em Miraguaí, Sicredi e Banrisul, além do roubo à Brigada Militar (BM) da mesma cidade. Na ocasião, durante o crime contra o posto da corporação, um policial militar foi feito refém e serviu de escudo humano para a quadrilha.

A partir desses episódios, a força-tarefa da Polícia Civil realizou apuração e descobriu que a organização criminosa é composta por pelo menos 16 pessoas e era especializada em assaltos a bancos, roubo de veículos e de estabelecimentos comerciais. Os investigadores acreditam que o grupo pode ter cometido outros crimes.

Conforme a PC, 304 policiais civis e militares foram designados para participar da operação. Em apoio à operação foram disponibilizados dois helicópteros e 71 viaturas.

 

Correio do Povo

Veja mais imagens

Foto: Polícia Civil / Divulgação

Clique para ampliar

Foto: Polícia Civil / Divulgação

Clique para ampliar

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Foto: Divulgação

Região pode ter máxima de 32°C

Foto: Divulgação / PRF

Ainda foram encontrados R$ 15 mil em dinheiro, sem comprovação de procedência.

Foto: Divulgação

Atleta de Lajeado afirma ter sido chamado de macaco pela mãe de um dos jogadores do time adversário.

Foto: Divulgação

Relógios devem ser adiantados em uma hora a partir do dia 15 de outubro nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste.