Giro do Vale / Bom Retiro do Sul / Destaque / Geral

DAER promete solução, e manifestantes liberam o trânsito na ERS-129 em Bom Retiro do Sul

Via ficou interrompida por cerca de nove horas durante esta segunda-feira, dia 23, em protesto pelas condições da estrada.

Foto: Juliano Beppler / Giro do Vale

Foto: Juliano Beppler / Giro do Vale

Após cerca de nove horas, manifestantes liberaram o trânsito no ponto da ERS-129 em Bom Retiro do Sul, onde faziam protesto desde às 5h45. Encontro entre o Engenheiro do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (DAER), manifestantes e o prefeito Edmilson Busatto determinou o fim do impasse que impedia a passagem de carros nos dois sentidos da rodovia.

A promessa do representante do DAER é de que os trabalhos de manutenção da estrada sejam iniciados de imediato no sentido Bom Retiro do Sul – Mariante.

Em um dos pontos mais críticos da rodovia, num trecho de aproximadamente 3,5 quilômetros, do bairro Goiabeira até o acesso para a Barra e o Faxinal, ocorreu o encontro, e a municipalidade já está providenciando a colocação de material para melhorar as condições de trafegabilidade.

Foto: Juliano Beppler / Giro do Vale

Foto: Juliano Beppler / Giro do Vale

Em sua página na rede social Facebook, o prefeito comentou sobre o protesto que estava acontecendo, e destacou que já havia solicitado as melhorias nessa via, em recente audiência com o secretário de Obras do RS Pedro Westfalen.

O protesto

No início da manhã cerca de 30 manifestantes se reuniram e trancaram a rodovia com tratores. Com a chegada do Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM) os veículos tiveram que ser retirados e a via foi obstruída com paus e pedras.

 

Giro do Vale

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

Fora de casa, time colorado ficou no 0 a 0 com a equipe mineira, mas segue líder.

Foto: Juliano Beppler da Silva / Giro do Vale

Temperatura segue em elevação pelo Estado e pode chegar a 35°C em Santa Rosa

Foto: Divulgação

Lance mínimo para adquirir 70% da estrutura é de R$ 45 milhões