Giro do Vale / Esporte / Grêmio

Grêmio enfrenta Guarani para retomar confiança e assumir liderança isolada

Tricolor volta a jogar pela Libertadores e uma vitória sobre paraguaios pode aliviar a pressão na Arena.

Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação

Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação

A má impressão deixada com a queda no Campeonato Gaúcho precisa ser apagada. E nada melhor que um jogo de Libertadores da América para recuperar o moral. O Grêmio aposta em uma vitória sobre o Guarani, do Paraguai, nesta quinta-feira, na Arena, para retomar a confiança não só do grupo de jogadores, mas também da torcida. A partida pelo Grupo 8 começa às 21h45min e vale a liderança da chave.

Mais do que a retomada da confiança, os três pontos são fundamentais para o Tricolor. Na terça-feira, o Deportes Iquique venceu o Zamora e foi a seis pontos, um a menos que o Grêmio e o próprio Guaraní. “A vitória é muito importante para seguir na liderança e se afastar do segundo colocado”, destaca o volante Ramiro. “A mesma insatisfação e indignação que os torcedores estão sentindo pela eliminação no Gauchão, nós também sentimos. É uma partida para nos reerguer”, completou.

Renato Portaluppi sabe que o momento é de pressão. Tanto que antecipou sua entrevista coletiva nessa semana. O treinador não deu indícios de quem será o substituto do lateral direito Edílson, lesionado. Nessa quarta, ele chamou o volante Arthur para uma conversa em particular no centro do gramado da Arena, onde a equipe treinou na véspera da partida. A tendência é de que o garoto entre no meio-campo, com Léo Moura retornando à sua função de origem.

“O Arthur é um jogador de extrema qualidade. Independentemente de quem vai entrar, talvez mude o posicionamento de uma ou duas peças, mas nos preparamos para isso. A gente sabe onde errou no Gauchão e o que não podemos repetir nos próximos jogos”, concluiu Ramiro. Depois de encarar o Guaraní, hoje, o Grêmio volta a jogar no dia 3 de maio, contra o Deportes Iquique, no Chile.

Copa Libertadores – fase de grupos

Grêmio

Marcelo Grohe; Leo Moura, Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Ramiro, Arthur, Maicon, Pedro Rocha e Miller Bolaños; Luan. Técnico: Renato Portaluppi.

Guarani

Alfredo Aguilar; Carlos Rolón, Nery Bareiro, Luís Cabral e Marcelos Báez; R. Gamarra, Juan Aguilar, Marcelo Palau, e Hernán Novick; N. Camacho e Epifanio Garcia. Técnico: Daniel Garnero.

Árbitro: Patricio Loustau (ARG).

Local: Arena.

Início: 21h45min.

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Material estava em tonéis, e foi levado em ação que durou cerca de 5 minutos.

O suspeito, que já foi três vezes preso por furto em pouco mais de um mês, estava no interior do carro.

Veículo estava abandonado em uma rua do Bairro Pinheiros.

Decisões no mês de agosto fazem comissão técnica pensar em preservar jogadores importantes.