Giro do Vale / Destaque / Geral / País

Após quebra-quebra em protestos, Temer autoriza uso de tropas federais em Brasília

Ministro da Defesa anunciou que tropas federais vão guarnecer prédios públicos em Brasília.

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Diante dos confrontos registrados na Esplanada dos Ministérios, com prédios quebrados e incêndios, o presidente Michel Temer autorizou o uso de tropas federais para garantir a segurança e proteger prédios públicos em Brasília.

Temer escalou o ministro da Defesa, Raul Jungmann, para comunicar que, a pedido do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), decretou uma ação de garantia da lei e da ordem. Homens do Exército já protegem o Palácio do Planalto e o Palácio do Itamaraty, e tropas federais vão guarnecer outros órgãos públicos.

— A manifestação que seria pacífica degringolou para violência, vandalismo, agressão e ameaça — disse Jungmann.

O ministro não detalhou o efetivo que será empregado na ação. Ele teve uma reunião com Temer e o chefe do Gabinete de Segurança Institucional, general Sergio Etchegoyen, para avaliar o cenários e as medidas tomadas. O presidente já havia conversado com Maia, que sugeriu o uso das tropas federais.

 

Rádio Gaúcha

Veja mais imagens

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Clique para ampliar

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Clique para ampliar

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Clique para ampliar

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Clique para ampliar

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Clique para ampliar

Comentários

  1. Anônimo disse:

    Quem agente vai confiar para governar o brasil tenho vergonha da ser brasileira ladrao tem que ir para cadeia porqe eles roubam dos trabalhadores pobres o pobre paga mais imposto para esses vagabundos roubarem tem que botar na cadeia

Publicidade

Últimas Notícias

Foto: Divulgação

Diesel teve aumento de 1,00% no preço

Foto: Divulgação

Ministro do STF concedeu liminar acolhendo mandado de segurança apresentado pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP)

Foto: PRF / Divulgação

Homem foi detido durante averiguação na estrada e chamou mulher para ajudar na liberação do carro