Giro do Vale / Estrela / Geral

Prefeitura de Estrela terá concurso público com pelo menos 70 vagas

Edital deve ser lançado ainda no primeiro semestre deste ano.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A prefeitura de Estrela deve lançar ainda no primeiro semestre deste ano, concurso público oferecendo pelo menos 70 vagas. Os cargos são de Engenheiro Civil, Fiscal de Posturas e Monitor de Escola. Profissionais que ocupam esses cargos através de contrato temporário poderão ser substituídos pelos aprovados.

A seleção de Monitor de Escola será oferecida para pessoas que tenham o Ensino Médio. Essa deve ser a modalidade a atrair o maior número de candidatos, ao menos é o que espera a administração municipal. Segundo o secretário de Administração e Recursos Humanos de Estrela, Jônatas dos Santos, “são pelo menos 70 oportunidades para essa função”. Engenheiro Civil e Fiscal de Posturas terão uma vaga cada, além de cadastro reserva. As provas devem ocorrer no segundo semestre.

Terceirização

Junto do concurso público, a administração anunciou que 230 cargos temporários serão terceirizados, “com adequações em áreas estratégicas”, lembra o secretário. O objetivo é manter o equilíbrio entre os cargos efetivos e provisórios, a partir das necessidades da comunidade.

No início do ano, ocorreu o primeiro processo de terceirização, para o cargo de servente. Treze empresas participaram da licitação, que está na fase de recurso. Agora devem ser revisadas as atividades dos vigilantes, dos operários e dos trabalhadores da Usina de Tratamento de Lixo (UTL), entre outros.

 

Grupo Independente

Comentários

  1. Pâmela Goethel Dutra disse:

    E para professor de música??? Cujo, há vários anos fazem contratos emergenciais.

  2. Thais mallmann vigel disse:

    Eu tenho interesse sou auxiliar de limpeza 12anos de experiência

  3. Thais mallmann vigel disse:

    Quero para servente

  4. Graciela cristina mallmann disse:

    Monitor de escola….

Publicidade

Últimas Notícias

Foto: Divulgação

Vítima teria se perdido na curva e frente a empresa Fruki e caído.

Foto: Divulgação

Às 10h, o acidente estava em atendimento, sendo aguardada a realização de perícia.

Foto: Divulgação / Brigada Militar

Eles foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e posse irregular de arma de fogo.

Foto: Divulgação

Irmãs voltavam da missa, quando perceberam que o carro tinha desaparecido.