Giro do Vale / Geral / País

Publicada exoneração de assessor especial de Temer

Nelson Filipelli foi preso pela PF por suposto envolvimento em desvios.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A edição desta quarta-feira do O Diário Oficial da União (DOU), traz a exoneração do peemedebista Nelson Tadeu Filippelli do cargo de assessor especial do gabinete pessoal do presidente Michel Temer. Filippelli foi preso na terça-feira, dia 23, pela Polícia Federal na Operação Panatenaico, por suposto envolvimento em desvios de dinheiro nas obras de reforma do Estádio Mané Garrincha, em Brasília.

Além de Filippelli, foram presos também na mesma operação os ex-governadores do Distrito Federal Agnelo Queiroz (PT) e José Roberto Arruda (PR). As obras no estádio, que teriam sido superfaturadas em quase R$ 1 bilhão, foram feitas para a Copa do Mundo de Futebol de 2014.

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Indivíduo, que ainda não teve a identidade confirmada, teria sido alvejado por quatro disparos de arma de fogo.

Veículo cortou a frente de ônibus que transportava cerca de 20 pessoas. Pelo menos 11 pessoas ficaram feridas, sendo que quatro permanecem no HBB, em estado regular.

Mulher havia registrado ocorrência de Maria da Penha contra o indivíduo.

Ele foi agredido com socos e teve sua carteira, com documentos e cerca de R$ 1 mil, levada.