Giro do Vale / Geral

BM recupera mais de R$ 240 mil após ataque a banco na Serra Gaúcha

Dois homens e uma mulher foram presos, e um suspeito foi morto com três tiros.

Foto: Divulgação / BM

Foto: Divulgação / BM

O cerco policial feito pela Brigada Militar após a explosão do cofre da agência do Banco do Brasil de Campestre da Serra, na madrugada deste sábado, culminou com a recuperação de mais de R$ 240 mil levados pelo grupo criminoso. O dinheiro foi encontrado na mochila que o suspeito morto em confronto com policiais no distrito de São Manoel carregava. Além disso, dois homens e uma mulher foram presos pelo crime.

A ofensiva dos bandidos na agência ocorreu por volta das 3h. Ao menos quatro homens armados com fuzis e pistolas abriram a agência e o cofre atirando e usando explosivos. O bando fugiu num veículo Renault/Duster com placas clonadas de Viamão, levando uma quantia desconhecida em dinheiro. Houve confronto com a Brigada Militar quando o veículo dos criminosos estava a aproximadamente 500 metros da BR-116, no interior de Campestre da Serra. A viatura da Brigada Militar ficou alvejada de tiros, porém nenhum policial foi atingido.

Depois de sete quilômetros, a fuga dos criminosos foi interrompida e eles se embrenharam na mata, dois para cada lado da via. Parte da quantia de dinheiro roubada foi abandonada no veículo. Por volta das 11h, policiais encontraram um dos criminosos escondido num galpão na localidade rural do Guacho. Lucas de Oliveira Barbosa, morador de Porto Alegre, cumpria pena no regime semiaberto da Penitenciária de Charqueadas, ele portava uma pistola 9 mm com numeração raspada, três carregadores municiados e um colete balístico.

As buscas da Brigada Militar continuaram à tarde e, por volta das 15h, a aproximadamente 200 metros de onde o carro dos criminosos havia sido abandonado, policiais avistaram um homem. Houve novo confronto ele foi morto com três tiros. A identidade do criminoso ainda não está confirmada. Foi neste local que o dinheiro foi encontrado.

Após isso, na BR-116, em Vacaria, foi montada uma barreira após a informação de que um carro era deslocado para resgatar o bando. Um casal, que não teve o nome revelado, foi preso em um Fiat Palio. Com eles, os policiais acharam um smartphone com as mensagens trocadas com os assaltantes, que informavam o local onde estavam para serem resgatados.

Os detidos foram levados para a Delegacia de Polícia de Vacaria. O delegado Anderson Silveira de Lima autuou Barbosa por roubo majorado e associação criminosa. O casal foi autuado em flagrante pelos mesmos crimes, tendo ainda sido a eles amputado o crime de favorecimento real – já que possivelmente ajudariam na fuga.

 

Rádio Gaúcha

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Foto: Divulgação

A vítima foi socorrida pelo Samu e encaminhada ao hospital de Soledade, com lesões graves.

Foto: Divulgação

O assaltante tentou fugir, mas foi preso pelos agentes da PRF.

Foto: Divulgação

A ação tem relação com as investigações de dois recentes crimes, de assalto a residência e apreensão de cinco caminhonetes roubadas.

Foto: Divulgação / Brigada Militar

Flagrante ocorreu após denúncia de perturbação do sossego público no Bairro Alto da Bronze.