Giro do Vale / Esporte / Grêmio

Grêmio supera Coritiba com boa vitória na Arena

Pedro Rocha e Fernandinho marcaram os gols da partida.

Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação

Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação

Sem brilho, mas eficiente. Assim foi o Grêmio ao vencer o Coritiba por 2 a 0 na noite desta quinta-feira na Arena, em Porto Alegre. Os gols da partida foram marcados por Pedro Rocha, no primeiro tempo, enquanto Fernandinho fechou o caixão do time paranaense na etapa complementar. Com o resultado, o Tricolor consolidou a vice-liderança, já que o Corinthians venceu seu compromisso diante do Bahia.

Na próxima rodada, o Grêmio receberá na Arena o Corinthians, com chances reais de assumir a liderança do Campeonato Brasileiro. O jogo está marcado para domingo, às 16h.

Grêmio larga na frente 

Em mais um capítulo da perseguição ao Corinthians, que segue líder do Brasileirão após a vitória sobre o Bahia, o Grêmio recebeu o Coritiba na noite desta quinta-feira na Arena. A exemplo das partidas anteriores, o time gremista não demorou muito para tomar o controle do jogo e impor seu estilo de jogo. Escalado com Fernandinho e Barrios, o Tricolor apostou em uma formação mais ofensiva para abrir cedo o placar dentro do seu domínio.

A iniciativa de Renato Portaluppi deu certo e logo aos nove minutos Pedro Rocha ganhou uma dividida na entrada da área, ingressou no terreno inimigo e fuzilou o goleiro Wilson. A bola do atacante tricolor entrou no ângulo superior direito do gol do Coritiba, decretando 1 a 0 na partida.

A partir da vantagem o Grêmio, que já tinha amordaçado o Coritiba, teve tranquilidade para criar novas chances de gol, já que o adversário não conseguia se articular no meio-campo. Em uma nova oportunidade, criada aos 17 minutos do primeiro tempo, Edílson recebeu a bola na direita, quase dentro da área. Ele cruzou a bola rasteira, Barrios passou em branco, mas ela sobrou para Luan, que chutou forte para uma grande defesa de Wilson. No rebote, Pedro Rocha marcou o gol, mas o lance foi anulado porque o jogador estava em impedimento.

A partir dos 25 minutos, o Grêmio arrefeceu o ritmo. O Coritiba foi obrigado a mudar uma peça porque Alan Santos sentiu dores musculares e deixou o gramado para a entrada de Tiago Real. O time visitante passou a explorar o erro do Tricolor e a jogar com mais ímpeto, porém, aos 30 minutos foi o dono da casa que chegou ao ataque. Barrios lançou Pedro Rocha na direita e quando o atacante se preparava para alcançar a bola, o goleiro Wilson fez mais uma intervenção.

Quatro minutos depois, na única chega significativa do Coritiba, William Matheus lançou Henrique Almeida dentro da área. O atacante pegou a bola de prima, mas Marcelo Grohe fez uma boa defesa. No final do primeiro tempo, o Grêmio teve mais uma grande chance para ampliar. Luan recebeu a bola no meio e fez um gancho para Barrios sair na cara do gol. O centroavante tentou encobrir Wilson, mas o arqueiro se esticou para evitar aquele que seria o segundo gol do Tricolor.

Mesmo sem ser brilhante no jogo, o Grêmio foi superior ao Coritiba no primeiro tempo. Jogou o suficiente para estar à frente no placar e controlar as principais ações da equipe paranaense.

Tricolor relaxa, mas amplia

Se no final do primeiro tempo o Grêmio parecia relaxado por estar em vantagem, no começo do segundo o Tricolor entrou na zona de conforto e voltou disperso para o jogo. O Coritiba começou a encontrar espaços e concluir lances ofensivos. Em 10 minutos, o Coxa chegou duas vezes com dois chutes contra o gol de Marcelo Grohe. Na mais perigosa das oportunidades, Henrique Almeida aproveitou a sobra de um lance isolado e quase empatou o jogo.

Depois de chegar aos 20 minutos sem criar um lance ofensivo, Renato Portaluppi decidiu mexer no ataque. Sacou Barrios e colocou Everton, uma substituição que já era prevista por conta da falta de ritmo do centroavante paraguaio. Aos 24 minutos, num lance isolado, Fernandinho se aproveitou do erro da zaga do Coritiba e ingressou na área. Ele saiu na frente do gol e tentou colocar a bola, mas Wilson fez novamente uma grande defesa para salvar o Coritiba.

O Grêmio acordou para o jogo e criou aos 26 a sua segunda grande chance na etapa complementar. Luan foi lançado em alta velocidade e chegou dentro da área para dar um biquinho no canto de Wilson, mas o goleiro salvou mais uma vez o Coritiba ao espalmar a bola.

Depois de tantas tentativas no segundo tempo, o Grêmio chegou ao segundo gol aos 40 minutos. Henrique Almeida errou o passe na defesa e foi desarmado por Everton. A bola sobrou para Luan que avançou para grande área e esperou a presença de Fernandinho. O atacante recebeu na esquerda e encheu o pé para fazer 2 a 0 e decretar a vitória do Tricolor na Arena.

Brasileirão 2017 – 9ª rodada

Grêmio 2

Marcelo Grohe; Edílson, Geromel, Rafael Thyere e Bruno Cortez; Michel, Arthur (Maicon), Pedro Rocha (Lincoln), Fernandinho e Luan; Barrios (Everton). Técnico: Renato Portaluppi.

Coritiba 0

Wilson; Dodô (Léo), Werley, Márcio e W. Matheus; Jonas (Iago Dias), Alan Santos (Tiago Real) e M. Galdezani; Henrique Almeida, Alecsandro e Rildo. Técnico: Pachequinho.

Gols: Pedro Rocha, aos 9/1º; Fernandinho, aos 40/2º

Cartões Amarelos: Edilson (G); Geromel (G);

Árbitro: Pericles B. Cortez.

Local: Arena.

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

Governo alivia dívidas e multas, libera emendas e desiste de privatizações.

Foto: Divulgação

Integrantes do chamado “Centrão” também não devem fechar questão desta vez.

Foto: Divulgação

Metade Norte do Estado tem chance de chuva fraca.

Foto: Brigada Militar / Divulgação

Homem de 25 anos foi preso em flagrante