Giro do Vale / Esporte / Inter

Inter cede empate ao Juventude na estreia do técnico Guto Ferreira

Colorado segue sem vencer dentro de casa pela Série B.

Foto: Ricardo DUarte / Inter / Divulgação

Foto: Ricardo DUarte / Inter / Divulgação

O Inter tropeçou mais uma vez no Beira-Rio pela Série B. Na partida de estreia do técnico Guto Ferreira, neste sábado, o time só empatou com o Juventude pela quarta rodada da competição. Apesar de dominar a posse de bola, o Colorado insistiu nas jogadas aéreas, concluiu pouco e foi castigado com o 1 a 1 nos minutos finais do clássico com o Juventude.

Com o resultado, o Inter vai a cinco pontos, no décimo lugar da Série B. O Juventude ocupa o terceiro lugar, com oito pontos e forte na briga pela subida. Resta ao Colorado buscar a recuperação contra o Figueirense, na próxima terça-feira, em Florianópolis.

Os comandados de Guto Ferreira dominaram a partida, mas tiveram dificuldades para sair do zero no placar na primeira etapa. A proposta do Juventude era clara, de ocupar seu campo e especular nos contragolpes, mantendo a igualdade nos 45 minutos.

Muita bola no ar, pouca qualidade no chão

Logo no primeiro desses minutos, D’Alessandro fez aquilo que seria a tônica da partida. Levantou bola na área. Foram mais de 20 cruzamentos do Inter. Nesse inicial, Rodrigo Dourado cabeceou por cima.

No contragolpe do Juventude, muito perigo. Leilson recebeu na esquerda, cruzou de dentro da área e a defesa passou lotada pela bola. Thiago Marques tinha o gol aberto, mas não alcançou para chutar.

Depois disso, o Inter cansou de apostar no jogo aéreo, com Junio e Carlinhos, mas sem ter resultado em conclusões. A primeira vez que a bola chegou perto de entrar foi aos 17 minutos. Junio cruzou da direita, Caprini tentou afastar, mas emendou uma rosca que quase enganou o goleiro Matheus, que se virou para defender.

Aos 20, finalmente uma jogada trabalhada. D’Alessandro achou Pottker na área e o atacante fez o pivô. Edenilson emendou o chute de primeira, mas saiu mascado na zaga. A qualidade saiu do pé do capitão argentino novamente aos 25. Após Junio ser derrubado na direita, ele surpreendeu cobrando falta com pouco ângulo direto para o gol. Matheus espalmou rente à trave direita.

Foi apenas aos 39 minutos que o Juventude voltou a ensaiar uma jogada ofensiva. Bruno Collaço cobrou falta com força e Danilo Fernandes salvou rente ao poste esquerdo. Antes do fim da etapa, Junio salvou o gol colorado. Tiago Marques aproveitou erro da zaga e dividiu com Danilo Fernandes. A bola sobrou e o centroavante chutou para o gol aberto, mas Junio apareceu na hora certa para afastar e manter a igualdade antes do intervalo.

Arrancada com gol no segundo tempo

Mas a situação durou pouco mais de um minuto quando o segundo tempo começou. Carlos entrou no lugar de Uendel e participou do gol colorado. Foi uma jogada esquisita, com Carlos e Carlinhos se embolando com os defensores do Juventude. Mas a bola sobrou para Nico López, que enfiou uma patada na bola e anotou o 1 a 0.

O Juventude mudou pouco sua postura e o Inter seguiu com a posse de bola, além de manter a presença no campo ofensivo, mas com pouca definição. Aos 8, Carlinhos recebeu na esquerda e cortou para a frente da área. Tirou de dois marcadores e chutou forte, mas a bola resvalou na marcação e ficou fácil para Matheus recolher.

Depois disso, aos 21, Carlos perdeu o gol da partida. Pottker foi lançado na direita, driblou a marcação e cruzou quase na pequena área. Carlos bateu de primeira, mas chutou contra o chão e a bola subiu sobre a meta.

A partir daí, o Juventude preparou o castigo. Ramon, que entrou no lugar de Caprini, experimentou da frente da área, mas Danilo fez a defesa. Depois, Collaço cruzou da esquerda e Tiago Marques chutou de primeira para o goleiro salvar com uma defesaça.

Juventude iguala tudo em falha da zaga

Aos 38, contudo, nem “São Danilo” salvou. O goleiro Matheus lançou Juninho, que abriu para Vinícius. O lateral cruzou com qualidade e os dois zagueiros do Inter falharam. Tiago Marques subiu entre eles e cabeceou livre no canto esquerdo, anotando o 1 a 1.

E o Juventude não parou aí, foi para cima buscando a virada. Tiago Marques perdeu outra chance aos 40 minutos e Ramon quase anotou um golaço, ao aparar de primeira rebote de escanteio. Mas Danilo Fernandes segurou, decretando o empate sob muitas vaias no Beira-Rio.

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Foto: Divulgação

Diesel teve aumento de 1,00% no preço

Foto: Divulgação

Ministro do STF concedeu liminar acolhendo mandado de segurança apresentado pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP)

Foto: PRF / Divulgação

Homem foi detido durante averiguação na estrada e chamou mulher para ajudar na liberação do carro