Giro do Vale / Esporte / Inter

Inter sai na frente, mas cede empate para o América-MG

Colorado desperdiçou chance de assumir vice-liderança da Série B com 1 a 1.

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

O Inter começou na frente, mas foi muito pressionado pelo América-MG e, na bola aérea, sofreu o empate nesta terça-feira. Com o 1 a 1 no Independência, desperdiçou a chance de assumir a vice-liderança da Série B. E, pior, caiu para a quinta colocação, com 12 pontos, enquanto o rival mineiro é 12º, com nove. O próximo desafio colorado é contra o Santa Cruz, sábado no Recife.

O jogo começou complicado, com o América-MG marcando a saída de bola e obrigando os colorados a arriscar na ligação direta. Mas um contragolpe decisivo, colocou o Inter na frente e mudou todo o panorama da partida.

Logo aos quatro minutos, contudo, a jornada se complicou, com a lesão de um dos principais reforços. Danilo Silva lançou na área para William Pottker, ele se esticou para dominar e sentiu a fisgada na coxa. Desabou no gramado e saiu imediatamente, substituído por Nico López.

A essas alturas, o domínio era do Coelho, com a equipe mineira ameaçando duas vezes com gravidade a meta de Danilo. Aos 9, Bill foi lançado no contragolpe, invadiu a área e chutou cruzado. O goleiro do Inter fez grande defesa, pulando rente à trave esquerda para espalmar. Aos 15, Bill disparou pela esquerda e centralizou na área para Luan. De frente para o gol, ele pegou embaixo da bola e isolou a melhor chance dos mineiros. Aí, veio o castigo.

Inter surpreende e assume comando do jogo

Num contra-ataque pela esquerda, Carlos foi lançado, invadiu a área e recuou para D’Alessandro. O argentino viu a entrada de Nico pela direita e fez um cruzamento perfeito. O uruguaio chutou de primeira e estufou o fundo das redes para o 1 a 0.

O resultado embalou o Inter, que foi para a pressão tentar ampliar. E foi com Nico que quase saiu o segundo. Ele recebeu no contragolpe, invadiu a área e tocou por cobertura, a bola saiu desviada e Carlos tentou empurrar de cabeça, mas a zaga chegou antes para desviar.

Com muita movimentação, o centroavante uruguaio perdeu mais uma oportunidade aos 32. Edenilson recebeu na direita e cruzou no segundo pau, Nico Lopez tentou o voleio, mas pegou de rosca e mandou para fora. Três minutos depois, ele driblou dos zagueiros, com direito a meia-lua, e chutou forte, mas parou na defesa de João Ricardo.

Resposta do América, só aos 42 minutos. Hugo Cabral recebeu na direita, invadiu a área e chutou forte. A bola passou em frente à risca do gol, ninguém chegou para conferir e o Inter se safou do empate antes do intervalo.

América volta com tudo e empata

O América-MG lançou Matheuzinho no lugar de Gerson Magrão e, com velocidade, foi para cima do Colorado. O resultado é que a marcação dos visitantes passou a fazer muitas faltas perto da área e, nas bolas aéreas decorrentes, o Inter se complicou. Aos sete minutos, Norberto cobrou o tiro livre no meio da área, a zaga colorada parou e Rafael Lima cabeceou livre. Danilo se esticou todo, mas o gol de empate entrou rente à trave direita.

Os colorados tentaram responder, inclusive com a entrada do garoto Juan no lugar de Carlos. Mas as jogadas foram pontuais, sempre pelos lados e de bolas longas, pois foi o América-MG que passou a ocupar o campo ofensivo.

O resultado, foram várias chances de virar a partida. Na primeira grande oportunidade, aos 20, Hugo Cabral foi lançado na esquerda, cruzou na pequena área e por centímetros Luan não conseguiu conferir para as redes no poste direito.

Mas o Colorado ainda respondeu aos 21. Nico foi lançado no contra-ataque e serviu Cirino na quina da área. O centroavante chutou cruzado, com endereço certo, mas um leve toque de João Ricardo desviou a bola para o poste, caprichosamente.  Só que aos 24, Danilo teve que trabalhar. Matheuzinho cobrou falta forte na área, Luan desviou de cabeça e, no puro reflexo, Danilo conseguiu catar firme.

O América-MG seguiu pressionando e desperdiçou oportunidades com Matheuzinho, Hugo Cabral e Christian. Esse último, numa falta na risca da área, carimbou a barreira do Colorado. Sem conseguiu reagir, o Inter garantiu o ponto fora de casa com o 1 a 1.

Série B – 7ª rodada

América-MG 1

João Ricardo; Norberto, Rafael Lima, Messias e Ernandes; Willian Oliveira, Zé Ricardo (Christian), Gerson Magrão (Matheusinho) e Hugo Cabral; Bill e Luan (Renan Oliveira). Técnico: Enderson Moreira.

Inter 1

Danilo Fernandes; Edenilson, Léo Ortiz, Danilo Silva e Uendel; Rodrigo Dourado (Charles), Fabinho e D’Alessandro; William Pottker (Nico López), Marcelo Cirino e Carlos (Juan). Técnico: Guto Ferreira.

Gols: Nico López (18min/1ºT), para o Inter;  Rafael Lima (7min/2ºT), para o América-MG.

Cartões amarelos: Fabinho, D’Alessandro, Nico López (I);

Arbitragem: Antonio Dib Moraes de Sousa (PI), auxiliado por Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e Rogério de Oliveira Braga (PI).

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte.

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Foto: Divulgação

Ao perceber a aproximação da viatura, um sujeito fugiu do local.

Foto: Juliano Beppler da Silva / Giro do Vale

Tempo esquenta rápido à tarde, com máximas de 25°C.

Foto: Juliano Beppler / Giro do Vale / Arquivo

Desde sexta-feira, dia 18, parte da empresa está interditada por indicação da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do RS.