Giro do Vale / Polícia / Vale do Taquari

Região registra sete mortes violentas no final de semana

Foram duas mortes no trânsito, quatro homicídios e um suicídio.

Sete mortes violentas foram registradas durante o final de semana em nossa região. Entre os casos, dois óbitos no trânsito e quatro homicídios.

No trânsito, no início da noite de sexta-feira, dia 23, um motociclista morreu, na BR-386 em Lajeado. Jonathan Michel Appelt de Moraes (21), morador do Bairro Montanha, seguia com uma motoneta Biz no sentido Estrela – Lajeado, quando no km 346, imediações da empresa JA Sphor, houve a colisão lateral da moto contra um caminhão, que deslocava no mesmo sentido. A vítima morreu no local.

Por volta das 2h10 de sábado, dia 24, um caminhão Volvo, placa de Gaurama, carregado com leite a granel, seguia pela ERS-129, no sentido Guaporé – Encantado, quando no km 89, em uma curva, na Serra de Muçum, o motorista perdeu o controle da direção, tombou e bateu contra o barranco. O condutor, Claudecir Segatto (47), chegou a ser socorrido para atendimento hospitalar, mas não resistiu e faleceu.

Taxista morto a tiros

Quatro das mortes foram homicídios. O primeiro caso foi do taxista de Arroio do Meio Vilmar Antônio de Campos (53), o Mano. Ele foi morto com dois disparos de espingarda calibre 12, no Bairro Medianeira, por volta das 23h15 de sexta-feira (23). Três suspeitos do crime foram detidos, entre eles, um menor de idade. O motivo seria uma dívida de R$ 100 de um dos suspeitos com a vítima.

Homicídio em Encantado

Por volta das 14h de sábado, outro homem foi morto a tiros, no Bairro Navegantes, em Encantado. Conforme a Brigada Militar (BM), segundo testemunhas, dois indivíduos, ambos armados, foram vistos acessando uma residência, na Rua da Figueira. Diversos disparos de arma de fogo foram ouvidos. O policiamento deslocou ao local, onde foi encontrado, na cozinha, já sem vida, Laudir Antônio da Silva (46).

Após praticar o crime, a dupla teria fugido a pé, adentrado em um mato e posteriormente, no Bairro Nossa Senhora de Fátima, entrando em um automóvel, não sendo mais vista. No local do crime foram encontradas diversas capsulas de pistola calibre 9mm. Ainda segundo a BM, a vítima possuía antecedentes criminais, entre eles, por tráfico de drogas. O caso é investigado.

Execução em Estrela

Outro homem que possuía antecedentes, foi executado a tiros por volta das das 2h40 deste domingo, dia 25, no Bairro Boa União, em Estrela. Segundo a BM, populares ouviram disparos de arma de fogo e posteriormente viram a vítima caída, na Rua Adão Henrique Fett, no Loteamento Popular, em frente a escola Professora Ruth Markus Huber. O policiamento foi acionado, assim como o Samu, sendo constatado o óbito. Alexandro Canabarro da Silva (23), morador das imediações, foi alvejado com cerca de cinco disparos de arma de fogo. Ninguém teria visto a ação criminosa.

Pai mata filha, e se mata

O último caso, que chocou a comunidade, ocorreu por volta das 10h30 deste domingo (25), no bairro Conventos, em Lajeado. Um pai matou a sua filha, de três anos, e depois cometeu suicídio. Após acionamento feito pelo pai do criminoso, a Brigada foi até a casa do pintor Marciano Brawers (29), na Rua Arhtur Eckardt. No banheiro da residência foi encontrado o corpo da menina Micaela Gabriela Padilha Brauwers (03) e na área de serviço o do pai, enforcado. Brawers teria se separado da sua companheira e não aceitava o fim do relacionamento. Eles dividiam a guarda da criança. Os corpos de pai e filha estão sendo velados na Câmara Mortuária Nossa Senhora de Lourdes de Conventos. O sepultamento será hoje as 15h no Cemitério Católico local.

 

Grupo Independente

Comentários

  1. LYRIA BILHAR BILHAR disse:

    e o fim dos tempos naoexiste mais amor ao proximo

Publicidade

Últimas Notícias

Ele foi detido por uma guarnição da Brigada Militar (BM) na Estação Rodoviária, no Florestal, onde aguardava um ônibus.

Condutor do veículo que atropelou a vítima, deixou o local sem prestar socorro.

Tempo fica instável, mas sol aparece com nuvens em várias cidades.

Com decisão, ex-presidente seguirá preso para cumprir condenação no caso do triplex.