Giro do Vale / Polícia / Vale do Taquari

Região registra sete mortes violentas no final de semana

Foram duas mortes no trânsito, quatro homicídios e um suicídio.

Sete mortes violentas foram registradas durante o final de semana em nossa região. Entre os casos, dois óbitos no trânsito e quatro homicídios.

No trânsito, no início da noite de sexta-feira, dia 23, um motociclista morreu, na BR-386 em Lajeado. Jonathan Michel Appelt de Moraes (21), morador do Bairro Montanha, seguia com uma motoneta Biz no sentido Estrela – Lajeado, quando no km 346, imediações da empresa JA Sphor, houve a colisão lateral da moto contra um caminhão, que deslocava no mesmo sentido. A vítima morreu no local.

Por volta das 2h10 de sábado, dia 24, um caminhão Volvo, placa de Gaurama, carregado com leite a granel, seguia pela ERS-129, no sentido Guaporé – Encantado, quando no km 89, em uma curva, na Serra de Muçum, o motorista perdeu o controle da direção, tombou e bateu contra o barranco. O condutor, Claudecir Segatto (47), chegou a ser socorrido para atendimento hospitalar, mas não resistiu e faleceu.

Taxista morto a tiros

Quatro das mortes foram homicídios. O primeiro caso foi do taxista de Arroio do Meio Vilmar Antônio de Campos (53), o Mano. Ele foi morto com dois disparos de espingarda calibre 12, no Bairro Medianeira, por volta das 23h15 de sexta-feira (23). Três suspeitos do crime foram detidos, entre eles, um menor de idade. O motivo seria uma dívida de R$ 100 de um dos suspeitos com a vítima.

Homicídio em Encantado

Por volta das 14h de sábado, outro homem foi morto a tiros, no Bairro Navegantes, em Encantado. Conforme a Brigada Militar (BM), segundo testemunhas, dois indivíduos, ambos armados, foram vistos acessando uma residência, na Rua da Figueira. Diversos disparos de arma de fogo foram ouvidos. O policiamento deslocou ao local, onde foi encontrado, na cozinha, já sem vida, Laudir Antônio da Silva (46).

Após praticar o crime, a dupla teria fugido a pé, adentrado em um mato e posteriormente, no Bairro Nossa Senhora de Fátima, entrando em um automóvel, não sendo mais vista. No local do crime foram encontradas diversas capsulas de pistola calibre 9mm. Ainda segundo a BM, a vítima possuía antecedentes criminais, entre eles, por tráfico de drogas. O caso é investigado.

Execução em Estrela

Outro homem que possuía antecedentes, foi executado a tiros por volta das das 2h40 deste domingo, dia 25, no Bairro Boa União, em Estrela. Segundo a BM, populares ouviram disparos de arma de fogo e posteriormente viram a vítima caída, na Rua Adão Henrique Fett, no Loteamento Popular, em frente a escola Professora Ruth Markus Huber. O policiamento foi acionado, assim como o Samu, sendo constatado o óbito. Alexandro Canabarro da Silva (23), morador das imediações, foi alvejado com cerca de cinco disparos de arma de fogo. Ninguém teria visto a ação criminosa.

Pai mata filha, e se mata

O último caso, que chocou a comunidade, ocorreu por volta das 10h30 deste domingo (25), no bairro Conventos, em Lajeado. Um pai matou a sua filha, de três anos, e depois cometeu suicídio. Após acionamento feito pelo pai do criminoso, a Brigada foi até a casa do pintor Marciano Brawers (29), na Rua Arhtur Eckardt. No banheiro da residência foi encontrado o corpo da menina Micaela Gabriela Padilha Brauwers (03) e na área de serviço o do pai, enforcado. Brawers teria se separado da sua companheira e não aceitava o fim do relacionamento. Eles dividiam a guarda da criança. Os corpos de pai e filha estão sendo velados na Câmara Mortuária Nossa Senhora de Lourdes de Conventos. O sepultamento será hoje as 15h no Cemitério Católico local.

 

Grupo Independente

Comentários

  1. LYRIA BILHAR BILHAR disse:

    e o fim dos tempos naoexiste mais amor ao proximo

Publicidade

Últimas Notícias

Foto: Divulgação

Consulta deve ser feita pela internet ou por aplicativo

Foto: Reprodução

Suspeito pelos disparos é um adolescente, filho de militares de 14 anos. Ele está aprendido

Foto: Divulgação

Condutor sem habilitação foi manobrar e não percebeu uma moto que seguia pela via

Foto: Brigada Militar / Divulgação

Este foi o terceiro caso registrado nos últimos dias