Giro do Vale / Estado / Geral

Caixa faz atendimento neste sábado para sacar o FGTS

No Estado, serão 111 agências abertas entre 9h e 15h.

Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

As agências da Caixa Econômica Federal (CEF) abrem hoje para atender quem deseja sacar dinheiro das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Das 9h às 15h, 111 agências do Estado, sendo 18 em Porto Alegre, estarão abertas para atender aos trabalhadores nascidos em dezembro. Quem nasceu em meses anteriores e ainda não fez o saque também pode participar. Em atendimento normal, os saques são feitos até o dia 31 de julho.

O mutirão de atendimentos de hoje foi antecipado. Inicialmente, a data para os nascidos em dezembro seria no dia 14 de julho. Não há necessidade de ter pressa, já que é possível sacar o saldo das contas até o final do mês. Outra oportunidade é buscar atendimento na segunda-feira, quando todas as agências do Estado vão abrir duas horas mais cedo para cobrir o restante das demandas.

A Caixa informa que 167 mil pessoas serão contempladas nessa fase do mutirão no Rio Grande do Sul, totalizando aproximadamente R$ 215 milhões pagos. Até este momento, cerca de 82% dos trabalhadores com direito já fizeram a retirada, correspondendo a aproximadamente 95% dos valores. Para poder sacar o trabalhador deve portar documentos como o Cartão Cidadão, a senha do Cartão, um documento de identidade e a Carteira de Trabalho. Tem direito ao saque o trabalhador que pediu demissão ou foi demitido até 31 de dezembro de 2015.

Até 28 de junho a Caixa pagou R$ 38,2 bilhões relativos às contas inativas, e 22,6 milhões de nascidos até novembro já fizeram a retirada. O valor é equivalente a 95,38% do total previsto de R$ 40 bilhões. A recomendação da Caixa é que, antes de se dirigir às agências, a população busque informações no site www.caixa.gov.br ou pelo telefone 0800 726 2017.

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Foto: Divulgação

Diesel teve aumento de 1,00% no preço

Foto: Divulgação

Ministro do STF concedeu liminar acolhendo mandado de segurança apresentado pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP)

Foto: PRF / Divulgação

Homem foi detido durante averiguação na estrada e chamou mulher para ajudar na liberação do carro