Giro do Vale / Esporte / Inter

Inter faz atuação segura e vence Ceará fora de casa

Colorado fez 2 a 0 com gols de Pottker e Nico López.

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

Parece que a praia do Inter nesta Série B é mesmo jogar fora de casa. Na noite desta terça-feira, o Colorado fez uma atuação segura e venceu o Ceará no Castelão, em Fortaleza, por 2 a 0. Os gols do jogo foram marcados por Pottker e Nico, ambos no primeiro tempo.

Com o resultado, o Inter ficou com a quinta colocação no Brasileirão Série B, com 21 pontos somados. O próximo compromisso será no sábado, às 16h30min, contra o CRB, no estádio Rei Pelé.

Pottker e Nico decidem 

Inter e Ceará entraram em campo na noite de hoje para realizar um duelo de seis pontos, já que as duas equipes começaram a rodada com a mesma pontuação. Para o Colorado, a novidade era a repetição do time que apenas empatou no duelo anterior com o Criciúma.

Logo nos primeiros minutos, o Ceará começou a dar as cartas no jogo, tentando imprimir uma pressão ao time do Inter que começou a sua apresentaçã de forma tranquila. As investidas dos donos da casa eram prioritariamente pelas laterais, principalmente no lado de Uendel. Todas, no entanto, sem sucesso.

O Inter, por sua vez, parecia mais ligado. Com o time organizado, a marcação era feita com precisão, o que facilitava o desarme e as saídas para o contra-ataque. Quando ainda não tinha mostrado a que veio no jogo, o Colorado encontrou o gol. Após uma cobrança de lateral rápida na direita, Edenilson surgiu como homem surpresa e cruzou para Pottker, sem goleiro, abrir o placar no estádio Castelão aos 11 minutos.

Em vantagem, o Inter se preocupou em fazer o jogo que mais gosta: o contra-ataque. O Ceará, atônito, avançou as suas linhas, na esperança de arrancar um empate logo em seguida, mas esbarra na forte marcação do Inter. O segundo gol do time gaúcho veio após uma blitz colorada. Aos 19 minutos, Winck pegou o rebote de um escanteio e Éverson fez grande defesa. A bola voltou para Pottker, que também chutou para outra intervenção de Éverson, mas na sequência, Nico pegou a bola de sem pulo e, de fora da área, fez um golaço. Ela entrou no ângulo esquerdo do arqueiro do Ceará.

Com 2 a 0, o Inter se preocupou apenas em anular Magno Alves e as chegadas pela direita de Cametá. A única chance do Ceará no primeiro veio aos 39 minutos. Após um cruzamento de Raul da direita, Pedro Ken foi mais rápido que Klaus e cabeceou a bola. Para sorte do Colorado, ela saiu pela linha de fundo.

Colorado segura Ceará e perde chances

O Inter retornou para o segundo tempo com a mesma tranquilidade com que terminou a etapa inicial. A ideia também era a mesma: esperar o Ceará e tentar matar o jogo no contra-ataque. Os donos da casa voltaram do vestiário com uma mudança. Roberto, pouco acionado nos primeiros 45 minutos, foi sacado por Marcelo Chamusca para a entrada de Cafu.

Nos primeiros 10 minutos, ficou evidente que a proposta do Inter era se expor o menos possível e apostar na velocidade de Nico López e Pottker para os contra-ataques. O Ceará forçava o erro da defesa colorada, mas Cuesta e Klaus pareciam estar em uma noite boa. O lance mais significativo ocorreu aos 11 minutos, quando Cafu arriscou de fora da área e quase pegou Danilo Fernandes de surpresa. O goleiro do Inter fez uma boa defesa e deu rebote, mas a zaga conseguiu evitar o pior.

Aos 14, o jogo foi paralisado por três minutos porque a torcida do Ceará acendeu sinalizadores. Após a intervenção dos policiais militares, a partida foi retomada. Aos 18, Magno Alves resolveu aparecer na partida e arriscou de fora da área. Danilo Fernandes fe\ uma boa defesa.

Ao notar o recuo do seu time, o Guto Ferreira decidiu mexer em duas posições. D’Alessandro e Nico López saíram para as entrada de Juan e Diego. As mudanças deram fôlego ao Inter, que em cinco minutos organizaram dois contra-ataques para a equipe. Num deles, aos 27 minutos, Winck recuperou uma bola no meio-campo e saiu cara a cara com Éverson. O lateral tentou encobrir o goleiro, mas a cavadinha foi muito fraca e a bola ficou nas mãos do jogador do Ceará.

Aos 35 minutos, o Inter teve uma nova chance com Diego. O atacante foi lançado na meia-esquerda e ingressou na grande área. Ele driblou Éverson, mas perdeu o controle da bola. Na sequência, o jogador colorado foi derrubado e Edenilson chutou em cima do goleiro do Ceará.

Já no final, quando o Ceará esbarrava na solidez defensiva do Inter, Fabinho encontrou tempo para perder outro gol. Após cruzamento de Juan da direita, o volante apareceu bem e cabeceou a bola, que quase entrou no canto esquerdo de Éverson. Colorado deixou Castelão com vitória após uma boa atuação coletiva.

Campeonato Brasileiro 2017 – Série B

Ceará 0

Éverson; Cametá, Rafael Pereira, Luiz Otávio e Romário; Raul, Richardson (Elton), Ricardinho, Pedro Ken (Lele) e Roberto (Cafu); Magno Alves. Técnico: M. Chamusca.

Inter 2

Danilo Fernandes; Cláudio Winck, Klaus, Victor Cuesta e Uendel; Rodrigo Dourado, Edenilson, Felipe Gutiérrez e D’Alessandro (Juan); Nico López (Diego) e William Pottker. Técnico: Guto Ferreira.

Gols: Pottker, aos 11/1º; Nico, aos 19/1º;

Cartões amarelos: Felipe Gutiérrez (I); Rafael Pereira (C); Edenilson (I); Cuesta (I); Elton (C); Uendel (I)

Árbitro: Leandro Marinho (SP).

Local: Castelão, em Fortaleza.

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Foto: Juliano Beppler / Giro do Vale

Evento que ocorreria domingo, foi transferido para esta quarta-feira, dia 20.

Foto: Alfredo Estrella / AFP / Divulgação

Pelo menos 45 edifícios ficaram totalmente destruídos na capital do país

Foto: Apu Gomes / Divulgação

Tricolor busca vaga nas semifinais da Libertadores a partir das 21h45min

Foto: Divulgação

Uma das vítimas precisou ser transferida para o HPS de Canoas