Giro do Vale / Esporte / Inter

Inter faz atuação segura e vence Ceará fora de casa

Colorado fez 2 a 0 com gols de Pottker e Nico López.

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

Parece que a praia do Inter nesta Série B é mesmo jogar fora de casa. Na noite desta terça-feira, o Colorado fez uma atuação segura e venceu o Ceará no Castelão, em Fortaleza, por 2 a 0. Os gols do jogo foram marcados por Pottker e Nico, ambos no primeiro tempo.

Com o resultado, o Inter ficou com a quinta colocação no Brasileirão Série B, com 21 pontos somados. O próximo compromisso será no sábado, às 16h30min, contra o CRB, no estádio Rei Pelé.

Pottker e Nico decidem 

Inter e Ceará entraram em campo na noite de hoje para realizar um duelo de seis pontos, já que as duas equipes começaram a rodada com a mesma pontuação. Para o Colorado, a novidade era a repetição do time que apenas empatou no duelo anterior com o Criciúma.

Logo nos primeiros minutos, o Ceará começou a dar as cartas no jogo, tentando imprimir uma pressão ao time do Inter que começou a sua apresentaçã de forma tranquila. As investidas dos donos da casa eram prioritariamente pelas laterais, principalmente no lado de Uendel. Todas, no entanto, sem sucesso.

O Inter, por sua vez, parecia mais ligado. Com o time organizado, a marcação era feita com precisão, o que facilitava o desarme e as saídas para o contra-ataque. Quando ainda não tinha mostrado a que veio no jogo, o Colorado encontrou o gol. Após uma cobrança de lateral rápida na direita, Edenilson surgiu como homem surpresa e cruzou para Pottker, sem goleiro, abrir o placar no estádio Castelão aos 11 minutos.

Em vantagem, o Inter se preocupou em fazer o jogo que mais gosta: o contra-ataque. O Ceará, atônito, avançou as suas linhas, na esperança de arrancar um empate logo em seguida, mas esbarra na forte marcação do Inter. O segundo gol do time gaúcho veio após uma blitz colorada. Aos 19 minutos, Winck pegou o rebote de um escanteio e Éverson fez grande defesa. A bola voltou para Pottker, que também chutou para outra intervenção de Éverson, mas na sequência, Nico pegou a bola de sem pulo e, de fora da área, fez um golaço. Ela entrou no ângulo esquerdo do arqueiro do Ceará.

Com 2 a 0, o Inter se preocupou apenas em anular Magno Alves e as chegadas pela direita de Cametá. A única chance do Ceará no primeiro veio aos 39 minutos. Após um cruzamento de Raul da direita, Pedro Ken foi mais rápido que Klaus e cabeceou a bola. Para sorte do Colorado, ela saiu pela linha de fundo.

Colorado segura Ceará e perde chances

O Inter retornou para o segundo tempo com a mesma tranquilidade com que terminou a etapa inicial. A ideia também era a mesma: esperar o Ceará e tentar matar o jogo no contra-ataque. Os donos da casa voltaram do vestiário com uma mudança. Roberto, pouco acionado nos primeiros 45 minutos, foi sacado por Marcelo Chamusca para a entrada de Cafu.

Nos primeiros 10 minutos, ficou evidente que a proposta do Inter era se expor o menos possível e apostar na velocidade de Nico López e Pottker para os contra-ataques. O Ceará forçava o erro da defesa colorada, mas Cuesta e Klaus pareciam estar em uma noite boa. O lance mais significativo ocorreu aos 11 minutos, quando Cafu arriscou de fora da área e quase pegou Danilo Fernandes de surpresa. O goleiro do Inter fez uma boa defesa e deu rebote, mas a zaga conseguiu evitar o pior.

Aos 14, o jogo foi paralisado por três minutos porque a torcida do Ceará acendeu sinalizadores. Após a intervenção dos policiais militares, a partida foi retomada. Aos 18, Magno Alves resolveu aparecer na partida e arriscou de fora da área. Danilo Fernandes fe\ uma boa defesa.

Ao notar o recuo do seu time, o Guto Ferreira decidiu mexer em duas posições. D’Alessandro e Nico López saíram para as entrada de Juan e Diego. As mudanças deram fôlego ao Inter, que em cinco minutos organizaram dois contra-ataques para a equipe. Num deles, aos 27 minutos, Winck recuperou uma bola no meio-campo e saiu cara a cara com Éverson. O lateral tentou encobrir o goleiro, mas a cavadinha foi muito fraca e a bola ficou nas mãos do jogador do Ceará.

Aos 35 minutos, o Inter teve uma nova chance com Diego. O atacante foi lançado na meia-esquerda e ingressou na grande área. Ele driblou Éverson, mas perdeu o controle da bola. Na sequência, o jogador colorado foi derrubado e Edenilson chutou em cima do goleiro do Ceará.

Já no final, quando o Ceará esbarrava na solidez defensiva do Inter, Fabinho encontrou tempo para perder outro gol. Após cruzamento de Juan da direita, o volante apareceu bem e cabeceou a bola, que quase entrou no canto esquerdo de Éverson. Colorado deixou Castelão com vitória após uma boa atuação coletiva.

Campeonato Brasileiro 2017 – Série B

Ceará 0

Éverson; Cametá, Rafael Pereira, Luiz Otávio e Romário; Raul, Richardson (Elton), Ricardinho, Pedro Ken (Lele) e Roberto (Cafu); Magno Alves. Técnico: M. Chamusca.

Inter 2

Danilo Fernandes; Cláudio Winck, Klaus, Victor Cuesta e Uendel; Rodrigo Dourado, Edenilson, Felipe Gutiérrez e D’Alessandro (Juan); Nico López (Diego) e William Pottker. Técnico: Guto Ferreira.

Gols: Pottker, aos 11/1º; Nico, aos 19/1º;

Cartões amarelos: Felipe Gutiérrez (I); Rafael Pereira (C); Edenilson (I); Cuesta (I); Elton (C); Uendel (I)

Árbitro: Leandro Marinho (SP).

Local: Castelão, em Fortaleza.

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Passo do Sobrado, também no Vale do Rio Pardo, foi outra cidade com registro de destelhamento de casas.

Outra pessoa morreu de overdose, antes do desabamento da estrutura.

Time colorado joga pelo empate fora de casa nesta primeira fase.

Uma terceira vítima foi encaminhada ao hospital e não corre risco de morte.