Giro do Vale / Destaque / Geral

Mães de bebês prematuros encontraram na união, a força para encarar as adversidades

Grupo realizou encontro em Estrela para celebrara a amizade, e saúde de seus filhos.

Mães e filhos posaram para fotos, para registrar o momento especial. (Foto: Juliano Beppler / Giro do Vale)

Mães e filhos posaram para fotos, para registrar o momento especial. (Foto: Juliano Beppler / Giro do Vale)

Na tarde deste domingo, dia 16, ocorreu um encontro especial em Estrela. Um grupo de mães com algo em comum, realizou a primeira de muitas reuniões que devem ocorrer pelos próximos anos, afinal, elas conseguiram nutrir uma amizade, que surgiu em um momento muito delicado na vida delas. Os filhos dessas sete mulheres nasceram de forma prematura, e nessa adversidade surgiu uma união muito bonita.

Nos dias atuais vemos muitos exemplos de pessoas que pensam no individual, mas com essas mães não foi assim. O que falou mais alto para no caso delas, foi o coletivo. Nos longos dias dentro da UTI Neonatal do Hospital Estrela, uma buscava passar forças para a outra, para que juntas pudessem ultrapassar essa barreira. Elas relatam que quando um estava para baixo, as outras apoiavam e assim foi crescendo uma amizade entre elas.

Mães e filhos

Elas criaram um grupo no aplicativo WhatsApp, onde seguem se comunicando e trocando experiências. O primeiro encontro presencial do grupo, ocorreu na casa de uma das mães, no Bairro Pinheiros em Estrela. A residência de Tania Padilha, mãe da pequena Eduarda da Silva Azambuja, que nasceu com 35 semanas, pesando 2,475 Kg, e hoje tem 5 meses, ficou cheia de crianças e mamães.

Elas posaram para fotos junto com os pequenos para registrar esse momento que ficará para sempre marcado na vida de todas.

Além da mamãe que recebeu o grupo, também estavam no local Maricléia da Silva Neske, moradora de Westfáia com o filho Luan Matheus Neske que hoje tem 7 meses, mas nasceu com 31 semanas, pesando na época 1,800 Kg.

Daiane de Moraes Lampert é moradora de Montenegro, e mãe da pequena Valentina Lampert que atualmente tem 7 anos, mas nasceu com 28 semanas, pesando 1,240 Kg.

A moradora de Anta Gorda, Mariele Somera, é mãe do João Vitor Somero. O garotão hoje está com 7 meses, mas nasceu prematuramente com 29 semanas, pesando 1.180 Kg.

A mamãe do pequeno Diogo Kaplan, de 5 meses, é Cleria Walter Kaplan. A moradora de Estrela, teve seu bebê com 28 semanas de gestação. Na época o menino pesava 1,250 Kg.

Marlusse Henges, moradora de Lajeado, é mãe da pequena Marília Handges Wendt, que hoje está com 5 meses. A menina nasceu com 35 semanas, e pesava 1,660 Kg.

Djeise Nicaretta, natural de Lajeado, mas morando atualmente em Curitiba, é mãe do pequeno Antônio Nicareta Both. O garotão hoje está com 6 meses, mas veio ao mundo com apenas 28 semanas de gestação, pesando 1,180 Kg.

O susto na noite de Natal

Djeise e o filho Antônio. (Foto: Juliano Beppler / Giro do Vale)

Djeise e o filho Antônio. (Foto: Juliano Beppler / Giro do Vale)

No caso de Djeise, o que era para ser um dia de confraternização, tornou-se em um grande susto. A mãe do pequeno Antônio, viajou de Curitiba para passar o Natal em Família, e no dia 25 de dezembro de 2016, teve uma crise de pressão alta e precisou ser levada às pressas para o Hospital.

Após quase perder a vida, Djeise ainda encarou 96 dias com seu pequeno filho na UTI Neonatal do Hospital Estrela. Nesse período o esposo Tiago Both revezava seu tempo entre o trabalho no Estado do Paraná e o hospital onde estava seu filho.

Além do apoio da família Djeise reforça que a união desse grupo de mães foi fundamental para enfrentar esses momentos de dificuldade. “Uma mãe se apoiava na outra. Quando uma estava para baixo, outra chegava para ajudar de alguma maneira, e assim fomos fortalecendo essa união”.

Após o período dentro do hospital elas seguem se comunicando através do grupo criado no WhatsApp. Hoje elas utilizam esse mecanismo para trocar experiências quanto ao dia a dia de seus bebês.

Ao menos uma vez por ano, esse grupo de mulheres pretende se encontrara, para seguir nutrindo uma amizade que surgiu em um dos momentos de maior dificuldade na vida de todas. Uma história de união e superação, que emociona e serve de exemplo.

Os pequenos que fazem parte dessa bonita história. (Foto: Juliano Beppler / Giro do Vale)

Os pequenos que fazem parte dessa bonita história. (Foto: Juliano Beppler / Giro do Vale)

 

Giro do Vale

Veja mais imagens

Djeise e o filho Antônio. (Foto: Juliano Beppler / Giro do Vale)

Clique para ampliar

Mães e filhos posaram para fotos, para registrar o momento especial. (Foto: Juliano Beppler / Giro do Vale)

Clique para ampliar

Os pequenos que fazem parte dessa bonita história. (Foto: Juliano Beppler / Giro do Vale)

Clique para ampliar

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Foto: Divulgação

Condutor perdeu o controle do veículo, próximo a Gráfica Cometa.

Foto: Divulgação / BM

pós buscas, o suspeito foi localizado dentro de um outro táxi nas proximidades do Parque dos Dick.

Foto: Divulgação

Houve perseguição, e cerco policial antes da prisão dos indivíduos.