Giro do Vale / Bom Retiro do Sul / Lajeado / Polícia

Sem vaga em presídio, foragido preso em Bom Retiro segue detido em cela da Delegacia

Homem foi capturado pela Brigada Militar no início da noite da sexta-feira, dia 7.

Foto: Divulgação / BM

Foto: Divulgação / BM

Um foragido da justiça está recolhido desde a noite desta sexta-feira (07) na cela da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Lajeado.

Conforme registro, por volta das 19h10, a Brigada Militar de Bom Retiro do Sul estava em patrulhamento de rotina, quando abordou o indivíduo na Rua Arlindo da Silva, Bairro Laranjeiras. Contra o mesmo havia mandado de prisão preventiva, expedido pela comarca de Triunfo, em função de um roubo. Ele foi conduzido para exames de praxe e posteriormente até a Delegacia de Lajeado.

Conforme o delegado plantonista Dinarte Marshall Junior, até a manhã deste sábado (08), o indivíduo seguia detido na cela da Delegacia. Segundo ele, após a prisão, foi contatado o Fórum de Lajeado a fim de providenciar vaga para o preso, tendo em vista que o Presídio de Lajeado está interditado. A plantonista informou que a vaga deveria ser providenciada pela DPPA, assim como o transporte do detido.

Também feito contatado com o Presídio de Montenegro, para onde são encaminhados os presos de Triunfo. Contudo, a referida casa prisional também está interditada.

Seguindo orientação da Delegacia Regional, foi feito contato com o Fórum de Estrela, comarca onde o homem foi preso. Contudo, a plantonista ressaltou que a procura por vaga seria incumbência da justiça de Lajeado.

Em contato com Departamento de Segurança e Execução Penal da Susepe, não foi obtida resposta, por falta de plantão. Diante disso, o preso segue recolhido na cela da Delegacia.

 

Grupo Independente

Comentários

  1. Anônimo disse:

    e uma vergonha esses presidios tem e que fechar tudo

Publicidade

Últimas Notícias

Criminosos levaram dinheiro do caixa, e não foram mais localizados.

Os proprietários possuem três lojas, e todas foram alvo de furto ou roubo nos últimos meses. 

As vítimas registraram as ocorrências na delegacia. 

Soldados subiram as escadas e, após tratativas, conseguiram agarrar o cidadão, evitando a queda.