Giro do Vale / Esporte / Inter

Inter goleia ABC por 3 a 0 e encosta no América-MG

Colorado conseguiu a quinta vitória consecutiva com gols de Sasha, D´Alessandro e Pottker.

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

O Inter está no encalço do América-MG. Na tarde deste sábado, em Natal, o time colorado goleou o lanterna da Série B, o ABC, por 3 a 0 e chegou aos 39 pontos, um a menos que a equipe mineira. Os gols colorados foram marcados por Eduardo Sasha, aos 15 minutos do primeiro tempo, D’Alessandro, de pênalti, aos 30 minutos da primeira etapa e Pottker, aos 5 da segunda etapa. Foi a quinta vitória consecutiva do Inter. O time colorado volta a jogar na próxima sexta-feira, 21h30min, quando recebe o Paysandu.

A diferença de qualidade entre Inter e ABC é abissal. São mais de 20 pontos na tabela. Sem falar da qualidade do elenco. Tatá x D’ Alessandro e Nando x Pottker é covardia. Mas, o Inter demorou uns 10 minutos para deixar esta disparidade evidenciada dentro de campo. A qualidade, ou melhor, a falta de, do gramado dificultou a troca de passes do time colorado. Mas, aos poucos D’Alessandro, Sasha e Pottker assumiram a responsabilidade e passaram a comandar as ações coloradas. Aos 9 minutos, Pottker finaliza para fora após levantamento para a área. O Inter chamava o ABC para sair do campo de defesa. Tanto que aos 11 minutos, os donos da casa perderam a bola no campo de ataque

e Pottker, como um tanque de guerra, avançou campo adentro. Ele fez o passe para Damião, que quando se ajeitava para o chute, foi desarmado. O ABC não conseguia armar uma jogada. Tentava bolas longas. Danilo Fernandes trabalhava no jogo apenas cobrando tiro de meta. O gol colorado era questão de tempo. Aos 15, D’ Ale cobrou escanteio para o meio da área. A zaga do ABC afastou de forma totalmente errada. Sasha pegou de primeira. Uma paulada: 1 a 0.

Aos 20 foi a vez de Cláudio Winck fazer fila na zaga adversária. Limpou dois jogadores e bateu cruzado. O ABC seguia enrolado, preso na marcação e perdido com a troca de passes do Inter. Aos 30, numa falta de ataque, Danilo Fernandes bateu para dentro da área do ABC. Pottker dividiu com o zagueiro e foi derrubado: pênalto. D’Alessandro cobrou com maestria: 2 a 0. O Colorado, no entanto, segurou um pouco o ritmo na reta final do primeiro tempo. Tanto que aos 36 minutos Danilo fez a sua primeira defesa no jogo. Cuesta foi driblado dentro da área. O chute do jogador do ABC saiu forte, no canto. O goleirão colorado, atento, segurou firme. O Inter respondeu com lances de perigo aos 43 e 45. Na primeira, Edenílson serviu Winck. O lateral bateu cruzado, mas Edson defendeu. Na segunda, Pottker tabelou com Damião, mas o atacante desperdiçou.

No segundo tempo, a supremacia ficou escancarada. Aos 3 minutos D’Ale alça a bola com perfeição. Damião, de cabeça, fez a bola tirar tinta da trave. Dois minutos depois, Pottker recebeu uma bola longa do Cláudio Winck. Ele ganhou do zagueiro na corrida e bateu forte. Edson deu rebote. Pottker, aí foi cruel: cavadinha e Inter 3 a 0. Depois disso, o Colorado teve duas outras grandes chances. Aos 9 minutos Edenílson invadiu a área e rolou para Sasha. O atacante tentou o chute, mas Edson salvou. No minuto seguinte, Cláudio Winck avançou pela direita e fez um cruzamento açucarado na cabeça de Damião. O atacante mandou no contrapé de Edson. Outra vez a bola tirou tinta da trave.

Depois disso, o Inter administrou o jogo. Cadenciava a troca de passes e chamou o ABC, que seguia apenas com bolas longas e em escanteios chegar ao gol de Danilo Fernandes. Guto Ferreira fez mudanças para preservar seus principais jogadores. Tirou Sasha e colocou Camilo. Depois saiu D’Ale para a entrada de Nico López e por último sacou Pottker, o melhor da equipe no jogo, para o ingresso de Carlos. Descanso merecido. Os donos da casa, abatidos, só viram o Inter seguir fazendo triangulações, chegando na área. Aos 28, Camilo cruzou para dentro da área. Damião se antecipou, mas mandou para fora. E o jogo seguiu assim, Inter dominando e ABC se segurando até o apito final do árbitro. Quem tem qualidade, mais cedo ou mais tarde, se impõe e desponta. Assim é o Inter nos últimos cinco jogos.

Ficha técnica

ABC (0)

Edson; Cleiton, Marcio Passos, Eltinho (Levy), Bocão, A. Pedra, Vitor Junior (Erivélton), Zotti, Tatá, Fabinho e Nando (Dalberto)

Técnico: Marcio Fernandes

INTER (3)

Danilo Fernandes; Cláudio Winck, Klaus, Cuesta, Uendel; Dourado, Edenilson (8), D’ Alessandro

(Nico López), Sasha (Camilo); Pottker (Carlos) e Damião

Técnico: Guto Ferreira

Árbitro: Felipe Gomes da Silva auxiliado por Luiz Souza Santos Renesto e Diogo Morais.

Gols: Sasha (15min do 1º tempo); D´Alessandro (30min do 1º tempo) e Pottker (5min do 2º tempo)

Cartões amarelos:  Eltinho, Bocão e Zótti (ABC) e D´Alessandro (Inter)

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Ainda há veículos furtados no município, que estão desaparecidos.

Ação policial iniciou após criminosos terem roubado uma moto nas imediações da Cervejaria Salva em Bom Retiro do Sul.

Homem é um dos sócios de outro envolvido e ambos teriam pago R$ 25 mil por ritual macabro.

Decisão foi feita após processo movido por um grupo de advogados trabalhistas.