Giro do Vale / Esporte / Inter

Inter goleia ABC por 3 a 0 e encosta no América-MG

Colorado conseguiu a quinta vitória consecutiva com gols de Sasha, D´Alessandro e Pottker.

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

O Inter está no encalço do América-MG. Na tarde deste sábado, em Natal, o time colorado goleou o lanterna da Série B, o ABC, por 3 a 0 e chegou aos 39 pontos, um a menos que a equipe mineira. Os gols colorados foram marcados por Eduardo Sasha, aos 15 minutos do primeiro tempo, D’Alessandro, de pênalti, aos 30 minutos da primeira etapa e Pottker, aos 5 da segunda etapa. Foi a quinta vitória consecutiva do Inter. O time colorado volta a jogar na próxima sexta-feira, 21h30min, quando recebe o Paysandu.

A diferença de qualidade entre Inter e ABC é abissal. São mais de 20 pontos na tabela. Sem falar da qualidade do elenco. Tatá x D’ Alessandro e Nando x Pottker é covardia. Mas, o Inter demorou uns 10 minutos para deixar esta disparidade evidenciada dentro de campo. A qualidade, ou melhor, a falta de, do gramado dificultou a troca de passes do time colorado. Mas, aos poucos D’Alessandro, Sasha e Pottker assumiram a responsabilidade e passaram a comandar as ações coloradas. Aos 9 minutos, Pottker finaliza para fora após levantamento para a área. O Inter chamava o ABC para sair do campo de defesa. Tanto que aos 11 minutos, os donos da casa perderam a bola no campo de ataque

e Pottker, como um tanque de guerra, avançou campo adentro. Ele fez o passe para Damião, que quando se ajeitava para o chute, foi desarmado. O ABC não conseguia armar uma jogada. Tentava bolas longas. Danilo Fernandes trabalhava no jogo apenas cobrando tiro de meta. O gol colorado era questão de tempo. Aos 15, D’ Ale cobrou escanteio para o meio da área. A zaga do ABC afastou de forma totalmente errada. Sasha pegou de primeira. Uma paulada: 1 a 0.

Aos 20 foi a vez de Cláudio Winck fazer fila na zaga adversária. Limpou dois jogadores e bateu cruzado. O ABC seguia enrolado, preso na marcação e perdido com a troca de passes do Inter. Aos 30, numa falta de ataque, Danilo Fernandes bateu para dentro da área do ABC. Pottker dividiu com o zagueiro e foi derrubado: pênalto. D’Alessandro cobrou com maestria: 2 a 0. O Colorado, no entanto, segurou um pouco o ritmo na reta final do primeiro tempo. Tanto que aos 36 minutos Danilo fez a sua primeira defesa no jogo. Cuesta foi driblado dentro da área. O chute do jogador do ABC saiu forte, no canto. O goleirão colorado, atento, segurou firme. O Inter respondeu com lances de perigo aos 43 e 45. Na primeira, Edenílson serviu Winck. O lateral bateu cruzado, mas Edson defendeu. Na segunda, Pottker tabelou com Damião, mas o atacante desperdiçou.

No segundo tempo, a supremacia ficou escancarada. Aos 3 minutos D’Ale alça a bola com perfeição. Damião, de cabeça, fez a bola tirar tinta da trave. Dois minutos depois, Pottker recebeu uma bola longa do Cláudio Winck. Ele ganhou do zagueiro na corrida e bateu forte. Edson deu rebote. Pottker, aí foi cruel: cavadinha e Inter 3 a 0. Depois disso, o Colorado teve duas outras grandes chances. Aos 9 minutos Edenílson invadiu a área e rolou para Sasha. O atacante tentou o chute, mas Edson salvou. No minuto seguinte, Cláudio Winck avançou pela direita e fez um cruzamento açucarado na cabeça de Damião. O atacante mandou no contrapé de Edson. Outra vez a bola tirou tinta da trave.

Depois disso, o Inter administrou o jogo. Cadenciava a troca de passes e chamou o ABC, que seguia apenas com bolas longas e em escanteios chegar ao gol de Danilo Fernandes. Guto Ferreira fez mudanças para preservar seus principais jogadores. Tirou Sasha e colocou Camilo. Depois saiu D’Ale para a entrada de Nico López e por último sacou Pottker, o melhor da equipe no jogo, para o ingresso de Carlos. Descanso merecido. Os donos da casa, abatidos, só viram o Inter seguir fazendo triangulações, chegando na área. Aos 28, Camilo cruzou para dentro da área. Damião se antecipou, mas mandou para fora. E o jogo seguiu assim, Inter dominando e ABC se segurando até o apito final do árbitro. Quem tem qualidade, mais cedo ou mais tarde, se impõe e desponta. Assim é o Inter nos últimos cinco jogos.

Ficha técnica

ABC (0)

Edson; Cleiton, Marcio Passos, Eltinho (Levy), Bocão, A. Pedra, Vitor Junior (Erivélton), Zotti, Tatá, Fabinho e Nando (Dalberto)

Técnico: Marcio Fernandes

INTER (3)

Danilo Fernandes; Cláudio Winck, Klaus, Cuesta, Uendel; Dourado, Edenilson (8), D’ Alessandro

(Nico López), Sasha (Camilo); Pottker (Carlos) e Damião

Técnico: Guto Ferreira

Árbitro: Felipe Gomes da Silva auxiliado por Luiz Souza Santos Renesto e Diogo Morais.

Gols: Sasha (15min do 1º tempo); D´Alessandro (30min do 1º tempo) e Pottker (5min do 2º tempo)

Cartões amarelos:  Eltinho, Bocão e Zótti (ABC) e D´Alessandro (Inter)

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Foto: Natalia Ribeiro / Grupo Independente / Divulgação

3ª CRE confirma aulas até 14 de janeiro para escolas que tiveram atividades paralisadas

Foto: PRF / Divulgação

Colisão ocorreu no quilômetro 48,9 da rodovia, em Glorinha

Foto: Divulgação

Condutor colidiu o veículo no guarda corpo, ficando com danos num dos faróis e um pneu furado.

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

Fora de casa, time colorado ficou no 0 a 0 com a equipe mineira, mas segue líder.