Giro do Vale / Estado / Geral

Chuvas deixam 204 famílias fora de casa no RS

Dom Pedrito registra metade das famílias atingidas no Estado.

Foto: Prefeitura de Dom Pedrito / Divulgação

Foto: Prefeitura de Dom Pedrito / Divulgação

A Defesa Civil contabilizou 204 famílias fora de casa no Rio Grande do Sul em razão do acúmulo de chuvas que caiu sobre o Estado desde a metade da semana passada. A maior concentração, de acordo com o órgão, está em Dom Pedrito, onde 20 famílias estão desabrigadas – e precisaram ser levadas para o Pavilhão do Sindicato Rural – e outras 81, desalojadas.

Conforme informações da prefeitura local, Dom Pedrito enfrenta a sexta enchente no ano. O rio Santa Maria já começou a baixar e seu nível estava em 5,90 metros neste domingo – chegou a 6,20m na manhã da sexta-feira passada.

Outras quatro cidades registram problemas semelhantes. Quaraí (69 famílias fora de casa) e Alegrete (32 famílias) com quadro mais grave. Rio Pardo e Santa Cruz do Sul registraram uma família fora de casa, cada uma.

Em Porto Alegre, os problemas se concentraram no trânsito. Conforme o sistema Metroclima, da Prefeitura, chegou a chover 167,4 mm na zona Sul entre quinta-feira e a manhã deste domingo. O acumulado supera a média histórica de setembro, que é de 139 mm.

A instabilidade começa a dar uma trégua na Capital a partir deste domingo. Para os próximos dias, a previsão predominante será de de sol e nuvens. A temperatura estará em elevação entre domingo e quarta-feira.

Ainda assim, a Defesa Civil segue em estado de alerta, com o monitoramento de Coordenadorias Regionais em conjunto com os municípios. O órgão fará um novo levantamento de estragos e famílias desabrigadas ou desalojadas nesta segunda-feira.

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

O homem fugiu e a vítima foi até a Delegacia de Polícia denunciar a situação

Familiares encontraram a vítima caída em um galpão da propriedade, em Linha Paisandu.

Máximas ficam mais amenas no Estado, inclusive no litoral Norte

Vigilância Sanitária havia solicitado alterações no local. Após adequações, cirurgias serão retomadas a partir de segunda-feira, dia 18