Giro do Vale / Esporte / Grêmio

Grêmio apresenta o meia Cícero

O jogador comemora nova oportunidade para trabalhar com Renato.

Foto: Grêmio / Twitter / Reprodução

Foto: Grêmio / Twitter / Reprodução

A quarta-feira de retorno aos treinamentos no CT Luiz Carvalho após dois dias de folga foi também para a reapresentação de um novo reforço do Grêmio. Antes do primeiro treino da semana, o meio-campista Cícero concedeu entrevista coletiva. Ele se mostrou empolgado com a chegada a Porto Alegre e comemorou a oportunidade de voltar a trabalhar com o técnico Renato Porttaluppi.

“Quando me ligaram foi uma oportunidade única. Estava muito motivado. Tenho de 13 para 14 anos como profissional e em todo clube que passei eu sempre fui feliz. Espero conseguir ser feliz aqui”, declarou.

Cícero trabalhou com Renato no Fluminense em 2008, quando juntos foram vice-campeões da Libertadores. Ele chega agora ao Grêmio para disputar a reta final da competição continental. O desejo é concretizar o sonho não alcançado ao lado do treinador no clube carioca.

“É um prazer imenso poder voltar a trabalhar com o Renato. Quando saí depois da Libertadores de 2008 ficou aquele gostinho de voltar a trabalhar com ele. Em várias outras oportunidades ele conversou comigo, tentou me levar, mas não era nada fácil por questões contratuais. Quem sabe agora podemos recuperar algo que ficou no passado e eu possa junto com os meus companheiros terminar sorrindo”, afirmou.

Embora tenha disputado 30 jogos na temporada, Cícero não atua desde o dia 24 de junho, no empate do São Paulo contra o Grêmio, no Morumbi, pelo Brasilleirão. O jogador admitiu que a falta de rimo é um problema, mas que espera compensar com os treinamentos. Como só pode jogar pela Libertadores, ele terá até o próximo dia 25, data do primeiro jogo da semifinal contra o Barcelona, para encontrar a melhor forma física e técnica.

“Eu era um dos jogadores que mais tinha atuado até o meio do ano, mas nos últimos três meses parei de jogar. Vinha com ritmo bom, tinha feito vários jogos, mas é lógico que depois de um período você vai perdendo o ritmo de jogo. Você pode se matar de treinar, mas é o jogo que faz a diferença. O que o Renato pedir eu vou fazer de tudo para readquirir o ritmo. Vim aqui para ajudar. Deixei bem claro isso para o Renato, independente do que ele peça”, completou.

Cícero chegou Grêmio com contrato até o final do ano. No período, ele poderá fazer no máximo seis jogos – se o Tricolor conquistar a Libertadores terá mais duas partidas no Mundial de Clubes. Já nesta tarde, o meio-campista realizará o primeiro treinamento com os novos companheiros.

Ficha técnica

Nome: Cícero Santos

Posição: Meia

Nascimento: 26/08/1984 (33 anos)

Local: Castelo (ES)

Clubes: Tombense/MG, Bahia /BA, Figueirense/SC, Fluminense/RJ, Hertha Berlin (Alemanha), Wolfsburg (Alemanha), São Paulo/SP, Santos/SP e Al-Gharafa (Catar)

Títulos: Campeonato Catarinense (2006), Copa do Brasil (2007), Superclássico das Américas (2011), Primeira Liga (2016)

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Foto: Divulgação

Consulta deve ser feita pela internet ou por aplicativo

Foto: Reprodução

Suspeito pelos disparos é um adolescente, filho de militares de 14 anos. Ele está aprendido

Foto: Divulgação

Condutor sem habilitação foi manobrar e não percebeu uma moto que seguia pela via

Foto: Brigada Militar / Divulgação

Este foi o terceiro caso registrado nos últimos dias