Giro do Vale / Destaque / Poço das Antas / Polícia

Pai e filhos que desacataram e roubaram arma de policiais, são presos em Poço das Antas

Polícia Civil e BM participaram do cumprimento de mandados de prisão contra os acusados.

Foto: Juliano Beppler da Silva / Giro do Vale / Arquivo

Foto: Juliano Beppler da Silva / Giro do Vale / Arquivo

A Polícia Civil de Teutônia e de Fazenda Vilanova, juntamente com a Brigada Militar BM, prenderam quatro pessoas de uma família, por roubo e crimes contra administração em geral na cidade de Poço das Antas.

Na manhã desta terça-feira, dia 10, por volta das 06h, na localidade de Boa Vista,  desencadeou-se a operação Contra-ataque, que culminou na prisão de pai e três filhos.

A operação decorreu de roubo de arma de fogo, ocorrido no dia 3 de outubro. Na ocasião, a Brigada Militar realizava abordagem de rotina, quando um elemento de 61 anos, estava sendo autuado por infração de trânsito, momento em que seus filhos 26, 25 e 24 anos, desacataram, resistiram a prisão, e lesionaram os dois policiais militares que estavam no exercício das suas funções. Além de entrarem em luta corporal com os policiais, os acusados causaram dano ao patrimônio público e subtraíram, mediante violência física, a espingarda calibre 12 da guarnição.

Os presos serão conduzidos ao Presídio Estadual de Lajeado. Os investigados não possuem antecedentes policiais. A arma de fogo já havia sido recuperada no dia 3 de outubro pela BM.

Participaram da Operação Contra-ataque 16 policiais em cinco viaturas.

 

Giro do Vale

Comentários

  1. Guto disse:

    É assim que se trata delinquente! Está errado tem que pagar! O policial estava lá pra se fazer cumprir a lei, aí vem uns e acham que podem estar acima da lei!!! Cana neles! Desacato e desobediência contra funcionário público no exercício da função é crime! Ainda mais contra policial! Os policiais poderiam ter sentado o dedo neles, mas agiram de acordo com a lei, com o regulamento.

Publicidade

Últimas Notícias

O motociclista negou o teste do etilômetro, sendo autuado administrativamente.

Na justificativa da proposta, o senador Airton Sandoval cita estudos feitos em países diversos que vinculam a adoção do horário de verão com o desenvolvimento de problemas de saúde.

Máxima pode chegar aos 30°C em algumas cidades do Estado

Indivíduo, que ainda não teve a identidade confirmada, teria sido alvejado por quatro disparos de arma de fogo.