Giro do Vale / Esporte / Grêmio

Grêmio empata em 1 a 1 com Vitória, mesmo com um jogador a mais

Tricolor saiu atrás, igualou placar, mas teve pouco ímpeto para vencer em Caxias.

Foto: Rodrigo Rodrigues / Grêmio / Divulgação

Foto: Rodrigo Rodrigues / Grêmio / Divulgação

O Grêmio desperdiçou a vantagem numérica, neste domingo, e empatou com o Vitória por 1 a 1, em Caxias do Sul, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Tricolor saiu atrás do placar, empatou rápido, mas não virou, perdendo mais dois pontos como mandante. Com o resultado, vai a 58 pontos, ainda na vice-liderança, mas dez atrás do líder Corinthians – que poderá ser campeão já na próxima rodada. O Vitória é 16º, primeiro fora da linha de rebaixamento com 39 pontos.

Agora, os gremistas enfrentam o São Paulo, quarta-feira, na Arena. O Vitória terá um confronto direto com a Chapecoense na luta do Z4, no dia seguinte.

Susto e reação

Jogando em Caxias devido ao show do Coldplay na véspera, na Arena, o Grêmio iniciou o jogo se sentindo em casa e controlando as ações. A primeira boa chance gremista veio aos 12 minutos, com o volante Jailson. Ele recebeu no meio, correu para a área e disparou uma bomba. Mas desviou ligeiramente à esquerda do poste.

No contragolpe do Vitória, Pedro Geromel tirou parcialmente a tentativa de Adeilton. Sobrou para Neilton, que chutou forte, mas carimbou as costas do zagueiro gremista. A equipe baiana gostou do jogo e quase marcou na pressão. Paulo Victor fez grande defesa, após Ramon driblar a zaga do Grêmio e chutar da entrada da área.

Aos 15, porém, uma pane geral da defesa foi castigada. Kannemann errou o bote, Jailson furou e sobrou para Patrick dentro da área. Levemente impedido, ele enquadrou o corpo e fulminou no canto direito. A arbitragem deu lance legal, definindo 1 a 0 para o Vitória.

A resposta tricolor, porém, foi certeira. Três minutos depois, Leonardo tabelou com Ramiro, olhou para a área e cruzou com perfeição. Fernandinho antecipou o zagueiro e cabeceou para o fundo da meta, igualando em 1 a 1.

O Grêmio retomou as rédeas da partida, a partir daí. Aos 22, Geromel deu um chapéu no lado direito e lançou Leonardo. O garoto arrancou na linha de fundo e serviu Luan. Veio a bomba de fora da área, mas passou por cima.

Na bola aérea, aos 31, o Vitória ainda ameaçou. Deivid cruzou, ninguém afastou e Trelles cabeceou na pequena área. Por sorte, para cima. Antes do intervalo, o goleiro Fernando Miguel ainda defendeu o que seria um gol de placa de Luan. O atacante gremista deu um chapéu em Ramon, e emendou de voleio. A bola tinha endereço certo, mas o camisa 1 defendeu no ângulo esquerdo.

Grêmio volta pressionando, mas esfria

O segundo tempo começou sem grandes chances de parte a parte, com um chute de longe de Trelles, seguido de um cabeceio por cima de Fernandinho. Aos 12 minutos, o Vitória teve a vida complicada com a expulsão de Filipe Souto. O volante chegou atrasado em Ramiro e levou o segundo amarelo, com o vermelho em seguida.

Os comandados de Renato Portallupi foram para cima e, aos 14 minutos, Barrios perdeu um gol incrível. Ramiro serviu da direita e, a dois metros do gol o centroavante chutou em cima do goleiro Fernando Miguel.

Logo depois, o goleirão voltou a salvar o Vitória. Fernando afastou cruzamento perigos, Leonardo aparou o rebote de primeira, mas o goleiro se recuperou para pegar na sequência. Renato lançou Jael e Éverton para buscar a vitória, sacando Leonardo e Jailson.

Chance de gol, contudo, apenas aos 36 minutos. Léo Moura ajeitou de cabeça na área, Luan chegou batendo de primeira, mas mandou por cima. O Grêmio ainda teve Patrick no lugar de Fernandinho, mas pouco fez para perturbar a vida do goleiro Fernando Miguel. Empate com gosto de dois pontos perdidos com mando de campo.

Brasileirão 2017 – 34ª rodada 

Grêmio 1

Paulo Victor; Leo Moura, Geromel, Kannemann e Leonardo (Everton); Jailson, Jael, Arthur, Ramiro e Luan; Fernandinho (Patrick) e Lucas Barrios. Técnico: Renato Portaluppi.

Vitória 1

Fernando Miguel; Patric, Kanu, Bruno Bispo e Geferson; Ramon, José Welison e Fillippe Soutto; Neílton (Caíque Sá), Tréllez (André Lima) e David (René). Técnico: Vágner Mancini.

Gols: Patric, aos 16/1º; Fernandinho, aos 18;1º;

Cartões Amarelos: Fillipe Soutto (V); Kanu (V);

Cartão Vermelho: Fillipe Soutto (V)

Árbitro: Marcelo Aparecido R de Souza – SP

Local: Alfredo Jaconi, Caxias do Sul.

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Envie-nos o seu comentário

Publicidade

Últimas Notícias

Foto: Divulgação

Diesel teve queda de 0,30% no preço e deve valer a partir desta sexta-feira

Foto: Brigada Militar / Divulgação

Ocorrência foi registrada no bairro dos Estados

Foto: Divulgação

Nos aspirantes Rudibar e Rui Barbosa se enfrentam, e nos titulares o confronto será entre Palanque e Flor de Maio.

Foto: Divulgação

Fluxo no local foi normalizado após duas horas