Giro do Vale / Educação / Vale do Taquari

Hoje é o último dia de inscrições para o Vestibular da Univates

Inscrições podem ser feitas pela internet ou na própria Universidade

Até esta terça-feira, dia 21, candidatos podem se inscrever para realizar o Vestibular de Verão da Univates. A prova ocorre no próximo domingo, dia 26, com início às 13h30min, em Lajeado. A Univates oferece 43 opções de cursos de graduação, sendo as novidades deste semestre os cursos de Engenharia Ambiental e Sanitária, Engenharia Biomédica e Liderança Empreendedora e Inovação. As inscrições para esses e os demais cursos podem ser realizadas em www.univates.br/vestibular.

Prova

No dia do Vestibular o candidato deve apresentar-se na sala indicada meia hora antes do início da prova com seu documento de identificação com foto e material de escrita (caneta de tinta azul ou preta, lápis e borracha).

A prova é composta por 45 questões de múltipla escolha e redação. Com início às 13h30min, o candidato tem cinco horas para realizar a avaliação. O tempo mínimo de permanência na sala é de uma hora e trinta minutos.

Para quem estava em greve

Estudantes de escolas estaduais que estiveram em greve podem realizar o Vestibular. Quem for aprovado deve apresentar, no momento da matrícula, atestado emitido pela escola que frequentam no qual conste a previsão de data em que serão disponibilizados o Histórico Escolar e o Comprovante de Conclusão do Ensino Médio.

Medicina

O processo seletivo de Medicina ocorre por meio da nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Até 4 de dezembro o curso recebe inscrições para vagas remanescentes, que são destinadas a acadêmicos do ensino superior e diplomados. No dia 2 de janeiro abre o período de inscrições para o processo seletivo de Medicina do primeiro semestre de 2018. As inscrições podem ser feitas no site www.univates.br/vestibular/medicina.

 

AI

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Recebem o Pasep servidores públicos com inscrição de final 3

Volante não atua há cinco meses entre os profissionais e crê que não terá problemas para retomar ritmo