Giro do Vale / Esporte / Grêmio

Na despedida da Arena em 2017, Grêmio empata com o rebaixado Atlético-GO

Lucas Poletto, para o Tricolor, e Andrigo, para o Dragão, marcaram os gols do jogo.

Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação

Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação

Os reservas do Grêmio empataram com o lanterna e rebaixado Atlético-GO, em 1 a 1, neste domingo, na Arena. O primeiro tempo foi pobre tecnicamente, com as duas defesas levando vantagem sobre os atacantes e poucas chances foram criadas. Na segunda etapa, os comandados de Renato Portaluppi melhoraram, mas acabaram sofrendo um gol em contra-ataque. Dois minutos depois, após escanteio, conseguiu o tento de empate.

Com o resultado, o Tricolor segue na segunda colocação com 62 pontos, mas pode ser ultrapassado na segunda-feira pelo Palmeiras, que enfrenta o Botafogo, no Allianz Parque, às 20h. Os goianos seguem na última posição com 35.

O Grêmio encerra a participação no nacional no próximo domingo, às 17h, contra o Atlético-MG, no estádio Independência. Já o Dragão faz a última apresentação na Série A, no mesmo dia e horário, contra o Fluminense, no estádio Olímpico de Goiânia.

Dragão tem maior volume de jogo, mas sem chances claras

Mais entrosado, o Atlético-GO dominou as ações ofensivas nos primeiros minutos e até os 16 minutos finalizou duas vezes contra a meta de Paulo Victor. Ambas saíram desviadas pela linha de fundo. Aos 22 minutos, Thyere tentou driblar dentro da área, perdeu a bola para Andrigo, que cruzou para trás para Luiz Fernando, que chutou forte à esquerda da meta de Paulo Victor.

O Grêmio apresentava dificuldades na armação das jogadas do meio de campo e buscava as laterais e os lançamentos para chegar ao ataque. Com um jogo pobre tecnicamente, o Tricolor só foi levar perigo com um erro da defesa do Dragão. Aos 24, o zagueiro Gilvan deu um chute na perna de Kaio, dentro da área. O meio-campista avançou e chutou próximo ao poste esquerdo de Kléver.

Após o lance, o Atlético-GO voltou a pressionar. Diego Rosa recebeu passe próximo à linha da pequena área, aos 27, e chutou. Paulo Victor fez defesa firme. Dois minutos depois, mais um lance bizarro. Machado tentou atrasar do campo ofensivo para o goleiro Paulo Victor, mas chutou na bandeirinha de escanteio. Nos minutos finais, os goianos seguiram insistindo e o Grêmio tentando surpreender nos contra-ataques.

Equipes dividem ações ofensivas e marcam

Na segunda etapa, Cristian não voltou do vestiário e Renato Portaluppi colocou o jovem Lucas Poletto. Mesmo com a mudança, foi o Atlético-GO que criou a primeira oportunidade nos últimos 45 minutos. Após chute da esquerda, Bruno Henrique afastou para o interior da área e a bola sobrou para Bruno Lopes, que chutou cruzado. A esférica ainda desviou em Thyere antes de sair pela linha de fundo, à esquerda da meta de Paulo Victor.

Dois minutos depois, Dionathã foi à linha de fundo, olhou os companheiro e cruzou para o interior da grande área. Poletto errou o chute na frente de Kléver e a defesa afastou. Com uma nova postura, os reservas passaram a ter maior posse de bola e a ter mais jogadas ofensivas. Entretanto, os erros continuavam. Aos 14, Dionathã foi à linha de fundo, pela esquerda, e cruzou, mas o marcador conseguiu colocar o pé. Na sequência, Kaio cobrou escanteio da esquerda de ataque, Thyere subiu mais alto que o defensor e cabeceou. Kléver fez defesa tranquila.

Aos 24 min, Andrigo recebeu passe dentro da área e chutou no canto inferior direito do goleiro Paulo Victor: 1 a 0. Dois minutos depois, após escanteio, Rafael Thyere cabeceou e Kléver fez um milagre espalmando a bola que foi no ângulo. A esférica bateu no travessão e sobrou para Lucas Poletto cabecear, sem marcação, e deixar tudo igual. Grêmio 1 a 1 Dragão.

Após o gol, o Atlético-GO passou a esperar o Tricolor para contra-atacar. Com isso, os comandados de Renato Portaluppi passaram a dominar as ações ofensivas. Aos 43, Dionathã cobrou falta da intermediária e a bola passou rente ao poste superior de Kléver. Com o erro, a partida foi até o apito final sem novas oportunidades de gol.

Brasileirão 2017 – 37ª rodada

Grêmio (1)

Paulo Victor; Leonardo, Rafael Thyere, Bruno Rodrigo e Conrado; Cristian (Lucas Poletto), Machado (Vico), Kaio e Patrick (Jean Pyerre); Beto da Silva e Dionathã.

Técnico: Renato Portaluppi

Atlético-GO (1)

Kléver; Jonathan, Gilvan, William Alves e Breno Lopes; André Castro, Igor (Jefferson Nem), Andrigo e Jorginho; Luiz Fernando e Diego Rosa (Alison).

Técnico: J. P. Sanches

Gols: Andrigo (24min/2ºT) e Lucas Poletto (26min/2ºT)

Cartões amarelos: Gilvan, Leonardo e Machado (Grêmio) e André Castro e William Alves (Atlético-GO)

Público total: 8.259

Renda: R$ 197.923,00

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).

Data: 26 de novembro de 2017.

Árbitro: Bruno de Araújo (RJ).

Auxiliares: Luiz Cláudio Regazone (RJ) e Eduardo de Souza Couto (RJ).

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Mulher se dizendo advogada também tentou angariar dados da vítima

Apesar do forte calor, não se descarta chuva isolada na Metade Norte

Medida encurta em 15 dias período com o sol até mais tarde

Colisão entre um caminhão caçamba e uma motocicleta ocorreu em frente ao Country Clube, no Bairro Olarias.