Giro do Vale / Lajeado / Polícia

Trio que planejava provável roubo de malote em obra, é detido com arma, em Lajeado

Outro homem foi pego com munições.

Foto: Divulgação / BM

Foto: Divulgação / BM

Três indivíduos que planejavam um possível roubo de malote foram detidos pela Brigada Militar (BM), no final da tarde desta sexta-feira, dia 24, em Lajeado.

Após denúncia que dois indivíduos com atitudes suspeitas, estariam sentados na esquina das ruas Expedicionários do Brasil com Duque de Caxias, o policiamento realizou a verificação. Com a chegada da guarnição, um indivíduo saiu correndo com a mão na cintura. Em seguida jogou na calçada de passeio um revólver calibre 38, municiado com cinco projéteis. O outro indivíduo também foi pego.

Soldados do Pelotão de Operações Especiais (POE) conseguiram identificar um terceiro sujeito que estava passando informações sobre o malote de pagamento dos funcionários de uma obra, que continha o montante de R$ 30 mil.

As partes foram conduzidas à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA). Apenas Eliseu Davi Manjoli (18) que possuía a arma de fogo foi autuado em flagrante por porte ilegal.

Também nesta sexta-feira, uma guarnição realizava abordagens na avenida Benjamim Constant e verificou atitude suspeita de um homem que estava ao lado de um veículo Gol. Percebendo a ação do policiamento, o proprietário do carro saiu correndo, sendo perseguido e capturado.

Em buscas no veículo foram encontradas 22 munições intactas de calibre 20. O detido, de 18 anos, morador do bairro Floresta, em Lajeado, assumiu a propriedade das munições. O sujeito também foi conduzido até a DPPA para o registro.

A delegada plantonista deixou de autuá-lo em flagrante, tendo em vista não ter condições de comprovar a funcionalidade das munições.

 

Grupo Independente

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Solenidade contou com a presença do Chefe de Polícia do RS, delegado Emerson Wendt.

Ação da Brigada Militar ocorreu no final da tarde, e noite de quinta-feira em cidades da região.

O suspeito da autoria, é um ex, da atual companheira da vítima.

Sujeito estava foragido do sistema prisional desde o final de 2017.