Giro do Vale / Geral / Vale do Taquari

Abertas as inscrições para o concurso das soberanas da Expovale 2018

Feira ocorrerá entre os dias 9 e 18 de novembro

Foto: Objetivo Fotografia / Divulgação

As inscrições para o concurso que elegerá as soberanas da Expovale 2018 estão abertas até o dia 1º de fevereiro. A 21ª edição da Expovale – Feira Industrial, Comercial e de Serviços do Vale do Taquari, realizada pela Prefeitura de Lajeado e Associação Comercial e Industrial de Lajeado (Acil), ocorrerá entre os dias 9 e 18 de novembro de 2018, no Parque do Imigrante, em Lajeado, e contará com exposições, espaço de agronegócio, shows, parque de diversões e diversas atrações e atividades.

O Concurso de Soberanas será realizado por meio de teste escrito de conhecimentos sobre a região do Vale do Taquari, avaliação de desempenho em vídeo, ações sociais, entrevista com os jurados e desfile. Para ocupar o cargo de rainha e princesas da Expovale 2018, as candidatas deverão seguir alguns requisitos:

– Representar no mínimo uma e no máximo três entidades responsáveis e legalmente constituídas, como por exemplo clubes sociais, esportivos, culturais, recreativos e de serviços, centros culturais e acadêmicos, entidades, empresas e associações de bairros. Cada entidade poderá apresentar somente uma candidata;

– Residir no Vale do Taquari;

– Ter entre 17 e 28 anos de idade;

– Ter disponibilidade de horários, tanto para as atividades preparatórias do concurso, como participar de toda a programação que envolva a Expovale 2018;

– Se a candidata for menor de 18 anos, deverá estar acompanhada por um responsável no momento da inscrição.

As inscrições devem ser realizadas na MR Grupo, localizada na Rua Lothar Felipe Christ, 375, Bairro Hidráulica, em Lajeado, das 8h às 12h e das 13h30 às 18h. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones 3011-8408 ou 99377-3148.

 

AI

Ainda não há comentários

Envie-nos o seu comentário

Publicidade

Últimas Notícias

Ainda há veículos furtados no município, que estão desaparecidos.

Ação policial iniciou após criminosos terem roubado uma moto nas imediações da Cervejaria Salva em Bom Retiro do Sul.

Homem é um dos sócios de outro envolvido e ambos teriam pago R$ 25 mil por ritual macabro.

Decisão foi feita após processo movido por um grupo de advogados trabalhistas.