Giro do Vale / Destaque / Economia / Estado

Gasolina no RS é 15 centavos mais cara que a média nacional

Conforme ANP, valor do litro do combustível apresentou alta em 13 estados brasileiros.

Foto: Divulgação

O valor médio da gasolina vendida nos postos brasileiros subiu em 13 estados brasileiros – incluindo o Rio Grande do Sul – na semana passada, segundo dados da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), compilados pelo AE-Taxas. Em 12 estados e no Distrito Federal houve recuo nos preços médios do combustível de petróleo e no Amazonas houve estabilidade.

Na média nacional, os preços nos postos subiram 0,10%, de R$ 4,194 para R$ 4,198 o litro entre a semana passada e a anterior. A maioria dos gaúchos paga um preço mais caro que a média nacional. No Rio Grande do Sul, a semana terminou com o litro da gasolina sendo vendido, em média, a R$ 4,359 – no início do ano, esse preço era de R$ 4,33. De acordo com a ANP, nas quatro últimas semanas, sempre houve aumento. No período, o preço avançou 0,6%.

Das 36 cidades gaúchas pesquisadas, apenas três têm preços inferiores ao da média nacional: Novo Hamburgo (R$ 4,089), São Leopoldo (R$ 4,13) e Sapiranga (R$ 4,177). Porto Alegre teve o preço médio do litro da gasolina em R$ 4,366 entre 21 e 27 de janeiro.

Segundo o levantamento da ANP, Bagé teve o preço médio da gasolina mais caro no RS. Na cidade da Fronteira, o valor médio do litro ficou em R$ 4,845 na semana passada. São Luiz Gonzaga (R$ 4,668), Alegrete (R$ 4,666), São Gabriel (R$ 4,597) e Gramado (R$ 4,59) completam o “top-5” das cidades com gasolina mais cara.

Apesar do preço acima da média nacional, a gasolina é mais vantajosa no Rio Grande do Sul, onde o preço do etanol atinge 90,09% do cobrado em média pela gasolina. O levantamento considera que o combustível de cana, por ter menor poder calorífico, deve custar até 70% do derivado de petróleo nos postos para ser considerado vantajoso.

 

Correio do Povo

Comentários

  1. Paula disse:

    Abasteci hoje 30-01 em Rio Grande a 3,958 não sendo preço promocional! Aproveitei para encher o tanque!!!!

Publicidade

Últimas Notícias

Material estava em tonéis, e foi levado em ação que durou cerca de 5 minutos.

O suspeito, que já foi três vezes preso por furto em pouco mais de um mês, estava no interior do carro.

Veículo estava abandonado em uma rua do Bairro Pinheiros.

Decisões no mês de agosto fazem comissão técnica pensar em preservar jogadores importantes.