Giro do Vale / País / Política

Planalto confirma para segunda-feira posse de Cristiane Brasil

Posse foi liberada pelo TRF2 neste sábado, dia 20, após mais de duas semanas de tentativas para derrubar liminar.

Foto: Divulgação

A assessoria de imprensa do Palácio do Planalto informou neste sábado, dia 20, que a posse da deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) no cargo de ministra do Trabalho será realizada às 9h da segunda-feira – 18 dias após a sua nomeação para o cargo.

A data da solenidade foi anunciada neste sábado, pelo ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Wellington Moreira Franco, logo depois da divulgação da decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que liberou a posse. O evento será cedo, pois o presidente Michel Temer viaja ainda na segunda para a Suíça, onde participará do Fórum Econômico Mundial.

Na decisão, o vice-presidente do STJ, Humberto Martins, concordou com argumentos da Advocacia-Geral da União (AGU) e derrubou liminar que impedia que a deputada assumisse o comando da pasta. Para o juiz, condenação trabalhista não consiste em sanção criminal e, portanto, não impede que a deputada assuma a função. Além disso, o juiz destacou que nomear ministro de Estado é competência privativa do presidente da República, outro argumento também defendido pela AGU.

Imbróglio

Filha de Roberto Jefferson, presidente nacional do PTB, Cristiane foi anunciada como ministra do Trabalho em 3 de janeiro e nomeada no cargo no dia 4. Em 8 de janeiro, a posse dela foi suspensa por decisão liminar emitida pelo juiz federal Leonardo da Costa Couceiro, da 4ª Vara Federal de Niterói (RJ). Ele atendeu a pedido apresentado em ação popular por um cidadão comum.

No dia seguinte, quando o evento de posse estava pronto para ocorrer no Palácio do Planalto, o TRF2 negou recurso apresentado pela AGU e manteve a ordem emitida pelo juiz de Niterói. No dia 10, a AGU apresentou novo recurso ao próprio TRF2. A própria Cristiane também recorreu, e os dois pedidos foram analisados pelo juiz federal Vladimir Vitovsky, substituto do desembargador federal José Antonio Neiva no TRF2. De novo, o pedido da AGU foi negado.

Na última quinta-feira, a AGU recorreu ao STJ, que acatou o pleito do Planalto e, neste sábado, liberou a posse da deputada.

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Processo visa apurar o recebimento de valores oriundos de expositores do evento na conta bancária particular de um secretário municipal

Indivíduo foi detido próximo ao Banco do Brasil

Madrugada ainda será com temperaturas baixas

Apostas podem ser feitas até as 19h; valor mínimo é de R$ 3,50