Giro do Vale / Polícia / Venâncio Aires

Polícia prende quatro envolvidos na morte de bancário, em Venâncio Aires

Júlio Assmann Marder tinha 58 anos quando foi encontrado morto a golpes de faca em sua residência.

Foto: Reprodução / Facebook

A Polícia Civil cumpriu mandados de prisão na manhã desta sexta-feira, dia 16, em Venâncio Aires. Quatro pessoas foram presas preventivamente por envolvimento no assassinato de Júlio Assmann Marder.

O bancário tinha 58 anos quando foi encontrado morto a golpes de faca em sua residência, na Rua Assis Brasil, no centro de Venâncio Aires, no dia 27 de outubro de 2017. Um homem e duas mulheres foram presos pela polícia, acusados de envolvimento no assassinato.

Na ocasião do crime, a companheira de Marder, de 45 anos, foi detida preventivamente por 30 dias no Presídio Regional de Santa Cruz. A polícia pediu pela prorrogação da prisão, que foi negada pela Justiça.

Ontem, ela voltou a ser presa e e foi levada junto com os demais presos a casa prisional em Santa Cruz do Sul.

 

Rádio Terra

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Porém, o pedido foi negado pela Justiça, mesmo com parecer favorável do Ministério Público (MP)

Previsão é que a Draco comece a operar em maio de 2019, a partir do ingresso de novos servidores na corporação

Ministério da Saúde ampliou prazo para até terça-feira, na tentativa de preencher vagas que faltam

Termômetros voltam a superar os 30°C em vários pontos