Giro do Vale / Polícia / Venâncio Aires

Polícia prende quatro envolvidos na morte de bancário, em Venâncio Aires

Júlio Assmann Marder tinha 58 anos quando foi encontrado morto a golpes de faca em sua residência.

Foto: Reprodução / Facebook

A Polícia Civil cumpriu mandados de prisão na manhã desta sexta-feira, dia 16, em Venâncio Aires. Quatro pessoas foram presas preventivamente por envolvimento no assassinato de Júlio Assmann Marder.

O bancário tinha 58 anos quando foi encontrado morto a golpes de faca em sua residência, na Rua Assis Brasil, no centro de Venâncio Aires, no dia 27 de outubro de 2017. Um homem e duas mulheres foram presos pela polícia, acusados de envolvimento no assassinato.

Na ocasião do crime, a companheira de Marder, de 45 anos, foi detida preventivamente por 30 dias no Presídio Regional de Santa Cruz. A polícia pediu pela prorrogação da prisão, que foi negada pela Justiça.

Ontem, ela voltou a ser presa e e foi levada junto com os demais presos a casa prisional em Santa Cruz do Sul.

 

Rádio Terra

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Indivíduo, que ainda não teve a identidade confirmada, teria sido alvejado por quatro disparos de arma de fogo.

Veículo cortou a frente de ônibus que transportava cerca de 20 pessoas. Pelo menos 11 pessoas ficaram feridas, sendo que quatro permanecem no HBB, em estado regular.

Mulher havia registrado ocorrência de Maria da Penha contra o indivíduo.

Ele foi agredido com socos e teve sua carteira, com documentos e cerca de R$ 1 mil, levada.